Carlos Eduardo e Luiz Almir prometem irem juntos ao Baile das Quengas

O prefeito Carlos Eduardo, hoje, no programa de Luiz  Almir, Nordeste Urgente,  prometeu ir junto com o apresentador ao Baile das Quengas nesse carnaval. Carlos chegou a declarar que ele vira Quenga todos os dias do carnaval, e que é apenas no carnaval. Por sua vez, o apresentador e vereador Luiz Almir disse que era uma das festas mais bonitas do carnaval de Natal, e que os dois iriam juntos ao Baile, como Quengas.

Na entrevista o apresentador Luiz Almir quase não deixou o prefeito falar. Ele perguntava e ele mesmo respondia, interrompendo a fala do prefeito.

Carlos Eduardo, do PDT,  é um dos nomes mais fortes para disputar ao governo na eleição que ocorrerá em 07 de outubro, e há sinais de Almir caminhar junto com o prefeito, caso confirme sua candidatura.

O prefeito prestou contas de pavimentações feitas, e que está fazendo, na Zona Norte de Natal.  Falou também das Upas, e de vários postos de saúde implantados em seu governo, com o apoio do governo federal.

Carlos disse ainda que o maior problema era a ambulanciaterapia que ocorre nas cidades próximas que mandam seus pacientes para a capital. “Não podemos dispensar o povo só porque não mora em Natal, isso seria desumano”. Disse o prefeito de Natal.

Luiz Almir e o prefeito disputaram uma das maiores campanhas para prefeito de Natal, muito competitiva na época, em 2004, onde Carlos só ganhou de Almir por causa do apoio forte da Guerreira Wilma de Faria. Na época Wilma era governadora do Rio Grande do Norte.

Previdência: campanha do governo ataca vantagens de servidores

O Presidente Michel Temer
O governo quer colocar a reforma da Previdência em votação este mês. No entanto, a contagem mais otimista aponta apenas 270 votos favoráveis, quando são necessários um mínimo de 308 (Walterson Rosa /Fotoarena/Folhapress)

Da Veja

governo federal estreará na próxima semana uma nova campanha de vídeos nas redes sociais em defesa da reforma da Previdência com foco no que chama de privilégios do setor público e a diferença no teto das aposentadorias de servidores e aposentados pela iniciativa privada.

Um, “alto funcionário público”, se aposenta com salário integral de 35.000 reais, enquanto o da iniciativa privada terá o teto da Previdência, de 5.645 reais.

O governo identificou em pesquisas recentes que, apesar de a maioria da população ainda não ser favorável à reforma, uma boa parte defende igualdade de regras entre a iniciativa privada e o serviço público, e tem batido no que chama de “privilégios”.

A reforma, no entanto, mexe apenas com a idade mínima de aposentadoria, que passaria a ser a mesma da iniciativa privada, de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, já que desde 2013 os servidores se aposentam pelo teto do regime geral da Previdência.

Neste ano foi criado o fundo de previdência complementar dos servidores, para o qual quem entrou depois desse ano tem que contribuir para garantir a aposentadoria acima do teto. A reforma não mexe em quem entrou antes desse período.

Empresas querem evitar possibilidade de direcionamento em licitação do TJRN

Foto: Cedida pela assessoria de imprensa
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) está realizando uma licitação, por meio de pregão eletrônico, para contratação de um novo sistema de segurança com um valor global de R$ 13 milhões, contudo as empresas participantes estão preocupadas com a possibilidade de direcionamento a alguma concorrente por um dos requisitos exigidos no edital.
De acordo com o edital 03/2018, serão contratados os serviços de fornecimento, instalação de equipamentos como câmeras de vigilância, equipamentos de scanner e raio-x, além de softwares que permitam o controle de acesso de pessoas e monitoramento de todo o sistema de circuito fechado. Porém, o edital exigia que todas as empresas estivessem com suas propostas adequadas a um modelo de solução desenvolvido por uma empresa em específico, o que terminou provocando 10 pedidos de esclarecimento e seis pedidos de impugnação por parte dos participantes do processo licitatório.
As empresas questionam a necessidade do enquadramento no sistema já existente no TJRN, já que elas podem garantir preços competitivos e um produto de qualidade assumindo os custos de um novo modelo de solução. As concorrentes também questionam a falta de garantias de que a empresa fornecedora do modelo de solução existente vá garantir o mesmo preço para todos os participantes do leilão por ser alheia ao processo licitatório. Esses pontos abrem brechas para favorecimento de empresas e direcionamentos da licitação.
O Tribunal negou todos os pedidos de impugnação e manteve processo licitatório com a abertura das propostas prevista para acontecer no último dia 29 de janeiro, as 11h. Porém, às 9h30, uma hora e meia antes do previsto, o pregão foi suspenso a pedido do setor técnico. O TJRN pode dar continuidade com o pregão eletrônico a qualquer momento. Oficialmente ainda não houve qualquer mudança no edital.

Flávio Rocha, da Riachuelo, tenta viabilizar sua candidatura para presidente do Brasil

Resultado de imagem para Flávio rocha
Foto: da Internet

O empresário Flávio Rocha anda em busca de apoio para se lançar a presidente  do Brasil. Segundo publicação em Thaísa Galvão ele tem uma agenda bem estruturada para que seu nome decole como provável candidato. 

Rocha diz que a reunião com Moreira Franco era para discutir o apoio que o IDV (Instituto do Desenvolvimento do Varejo) dará para ajudar a divulgar a propaganda da reforma da Previdência. A pauta não era política, afirma.

“Eu não rejeito a ideia de ser candidato. Só não sou por falta de voto”, afirma. Só em fevereiro Rocha vai para Vitória, Porto Alegre , Rio, Recife, Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte, Natal e Curitiba para divulgar as ideias do Brasil 200, movimento que criou para defender propostas liberais.

Robinson Faria pensa em disputar a reeleição

Pois não é que quando pensamos que as coisas não podem piorar; piora. O governador Robinson Faria, da segurança, das mãos limpas, pensa em sair candidato a reeleição.

Pensamos que a senhora ex-primeira dama, Juliana Faria, não vota nele.

Então quem vai votar nele? talvez os policiais; os da PM e os da Civil.

Governador faça um bem ao nosso Estado pelo menos como último ato: renuncie e entregue o governo a Fábio Dantas. É a melhor ação que o senhor faria para todo povo do Rio Grande do Norte.

Resultado de imagem para Robinson Faria

Como ficar ’24h de plantão’ para responder mensagens no celular pode afetar sua saúde mental

Aplicativos do Facebook e WhatsApp no iPhone, em imagem de arquivo (Foto: Justin Sullivan/Getty Images/AFP)
Aplicativos do Facebook e WhatsApp no iPhone, em imagem de arquivo (Foto: Justin Sullivan/Getty Images/AFP)

Quantas vezes você pega o celular para checar mensagens por dia? Com quantos grupos de amigos, familiares e colegas de trabalho conversa diariamente? Qual é a sua tolerância na espera para receber uma reposta? As mensagens acumuladas esperando resposta no seu celular te deixam angustiado?

Aplicativos de mensagens instantâneas se disseminaram rapidamente no Brasil e no mundo, em nome da velocidade, custos mais baixos e praticidade na comunicação – mas o outro lado da moeda na crescente dependência social desses apps é a ansiedade produzida pela sensação de estar ligado, e em dívida, o tempo todo, alertam especialistas.

“O que está acontecendo basicamente é que as pessoas ficam de plantão o dia inteiro, e claro que isso é maléfico. Elas não descansam, não têm um momento de parar. Isso gera estresse, que pode desencadear quadros como depressão e ansiedade”, adverte o psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, presidente eleito da Associação Psiquiátrica da América Latina (Apal).

Segundo um estudo feito pelo Datafolha em 2017, o WhatsApp é o aplicativo de mensagem preferido por 89% dos brasileiros. A empresa, que pertence ao Facebook, tem 120 milhões de usuários no Brasil. O número equivale a mais da metade da população do país, e corresponde a 10% do 1,2 bilhão de usuários globais do app.

Vício portátil

A possibilidade de ter conversas em tempo real pela internet já era conhecida de frequentadores de grupos de chat, usuários do MSN Messenger, ou viciados em Blackberry nos idos dos anos 2000. Mas a ferramenta se tornou muito mais interessante quando de repente “todo mundo” tinha acesso a ela de forma portátil, com a popularização dos smartphones e maior acesso a planos de dados ou Wi-Fi.

“O MSN funcionava no computador, então você tinha que estar parado em um lugar. Se você fosse um viciado em tecnologia, ficava em casa preso no computador. Com o smartphone não, você passa a carregar esse vício para onde você vai. Fica logado 24 horas”, diz a psicóloga Andréa Jotta, do Laboratório de Estudos de Psicologia e Tecnologias da Informação e Comunicação (Janus) da PUC-SP.

Fonte: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/como-ficar-24h-de-plantao-para-responder-mensagens-no-celular-pode-afetar-sua-saude-mental.ghtml

Prognostico: 2019 pode terminar com dois ex-presidente do Brasil presos

Resultado de imagem para Temer e Lula
Sérgio Lima/Folhapress

A previsão de que no final do ano de 2019 possamos ter dois ex-presidente do Brasil presos é cada vez mais certa. Visto que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já foi condenado pelo TRF4; neste caso, a condenação na segunda estância pode levar o condenado a cadeia, e como ele vem tentando jogar a população contra a justiça, pode acontecer de ser apressada sua reclusão, já que trata de um desacato direto ao poder judiciário. O outro possivelmente preso no final do ano de 2019 é o presidente Michel Temer (MDB) que está sendo investigado pela PGR, já que seus compassas, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, os dois ex-presidentes da Câmara Federal, estão presos. No caso o primeiro, o MPF está pedindo sentença de mais de 300 anos de prisão. Então é provável que o Temer seja enjaulado quando perder o foro privilegiado, já que as acusações contra ele apontam para formação de quadrilha com os outros dois políticos já presos.

Tanto o PT como o MDB estão com número considerado de políticos condenados. O PT tem José Dirceu e Antônio Palloce; enquanto o MDB tem os dois aqui já citados; e ainda o Gedel.

Esses dos partidos devem está na mira do eleitor em 2018. É o que se espera de uma população que reclama tanto da corrupção no Brasil.

 

‘É inadmissível desacatar a Justiça’, diz Cármen em abertura do Ano Judiciário

Foto: Fellipe Sampaio/STF (Foto: Fellipe Sampaio/STF)
Foto: Fellipe Sampaio/STF

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018 a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é “inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem “Justiça não há paz”.

“Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é Justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen.

Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF.

A fala de Cármen foi feita uma semana depois de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmar que “não tem nenhuma razão para respeitar a decisão” da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que viu a pena ser aumentada de 9 anos e 6 meses para 12 anos e 1 mês, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A presidente do Supremo, no entanto, não fez menção direta a nomes em sua fala.

A solenidade de abertura do Ano Judiciário, que começou com 35 minutos de atraso, reuniu a cúpula dos três Poderes, contando com as presenças do presidente Michel Temer e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

 

 

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2018/02/01/interna_politica,740213/e-inadmissivel-desacatar-a-justica-diz-carmen-em-abertura-do-ano-ju.shtml

51 % do povo brasileiro diz que Lula deveria ser impedido de se candidatar; 53% quer ele preso

Resultado de imagem para Lula
Lula. Foto: REUTERS/Leonardo Benassatto

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira (1) mostra que os brasileiros estão divididos sobre a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de outubro.

De acordo com o levantamento, 51% dos entrevistados afirmam que o petista deveria ser impedido de participar da disputa, contra 47% que dizem que ele deveria concorrer. A diferença está dentro da margem de erro utilizada pelo Datafolha, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No mesmo levantamento, o Instituto mostrou que a parcela dos brasileiros que quer o ex-presidente na prisão caiu de 54%, em setembro do ano passado, para 53% na sondagem atual. Já o índice dos que acreditam que ele não deveria ser preso saltou de 40% para 44% nos últimos quatro meses.

O Datafolha entrevistou 2.826 pessoas em 174 cidades brasileiras entre os dias 29 e 30 de janeiro, após o TRF-4 manter a condenação e aumentar a pena do ex-presidente.

 

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/brasileiros-se-dividem-sobre-candidatura-de-lula-diz-datafolha/

Assembleia Legislativa aprova projetos e encerra período extraordinário

Vinte dias de convocação extraordinária e oito projetos aprovados. Esse é o balanço do período extraordinário iniciado em 11 de janeiro deste ano e finalizado nesta quarta (31) na Assembleia Legislativa. A última sessão plenária debateu mérito de projetos de iniciativa do Governo do Estado e concluiu o período com a aprovação de quatro matérias do pacote que busca a recuperação fiscal e financeira do Estado. As matérias foram a Plenário após tramitarem nas comissões técnicas da Casa e terem sido anunciadas no início da semana. Também por meio de votação, foi retirado de pauta o projeto que trata sobre a extinção de adicionais por tempo de serviço a servidores públicos estaduais, conhecido como Quinquênios.

Dentre as matérias aprovadas, consta a que dispõe sobre a concessão de abono especial, de caráter indenizatório, aos servidores públicos e pensionistas pagos pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipern). A proposição busca conceder compensação financeira aos beneficiários em razão do atraso no pagamento do 13º salário de 2017.

De acordo com o deputado Carlos Augusto Maia (PSD), o projeto é benéfico para os servidores. “Todas as categorias que não receberam a gratificação em dezembro serão beneficiadas”. Para José Dias (PSDB), o projeto é importante “uma vez que o Governo se compromete a pagar empréstimo bancário feito pelo servidor”.

Um outro projeto aprovado é a proposta de instituição do Regime de Previdência Complementar, que assegura ao servidor estadual o direito de optar pela sua permanência no Regime Próprio, fazendo jus ao teto fixado pelo regime geral, ou optar por se aposentar com proventos superiores ao teto, efetuando pagamento excedente.

“Vários estados já aderiram a esse sistema, que não traz qualquer prejuízo para os novos servidores públicos”, avalia George Soares (PR), relator da matéria na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF). A opinião do parlamentar é compartilhada também pelo deputado Kelps Lima (Solidariedade). “Um importante instrumento que não atinge os atuais servidores. São regras novas para os servidores que entrarem mediante concurso”, explica. Para Fernando Mineiro (PT), o projeto é relevante, mas carece de informações.

Ainda em se tratando do regime de previdência do Estado, foi aprovada a proposta que que altera dispositivos da Lei Complementar Estadual nº 308, de 25 de outubro de 2005, que reestrutura o Regime Próprio de Previdência Social do Estado e reorganiza o Ipern, buscando novo disciplinamento para o recolhimento das contribuições previdenciárias em favor do órgão gestor previdenciário.

Na área da Segurança Pública, foi aprovada a matéria que trata sobre o pagamento de diária operacional no âmbito dos órgãos integrantes do Sistema Estadual de Segurança Pública. A medida disciplina a concessão de diárias operacionais a policiais civis e militares, bombeiros, agentes penitenciários e servidores do ITEP, submetidos a regime de escala de plantão. A carga horária foi alterada de 8 horas para 6 horas, garantindo benefícios ao servidor.

“É uma medida importante de valorização dos agentes da segurança pública do nosso Estado e que poderá garantir um reforço no policiamento para oferecer mais segurança e tranquilidade ao cidadão que tem sido alvo do crescimento da violência no Rio Grande do Norte”, frisou Márcia Maia (PSDB).
A sessão plenária contou com a participação de todos os 24 parlamentares.

Quinquênio

A partir de entendimento junto aos demais parlamentares, o deputado Albert Dickson (PROS) apresentou requerimento à Mesa Diretora solicitando a retirada da pauta de votações da mensagem governamental nº 189, que dispõe sobre a extinção da concessão dos benefícios de quinquênio e anuênio aos servidores estaduais. O pedido foi aprovado à unanimidade. “Essa proposta necessita de um debate maior com a sociedade”, justificou Albert.

A retirada da matéria da pauta de votações foi respaldada também pelo líder do Governo na Casa, deputado Dison Lisboa (PSD), que alegou que a decisão foi acordada junto ao Executivo Estadual. “O entendimento que todos na Assembleia temos é o desejo de conciliar o servidor”, falou ele.

Kelps Lima é contra os servidores pedir empréstimo para pagar seus próprios salários

Resultado de imagem para Kelps Lima

O deputado estadual Kelps Lima, do Solidariedade, é contra o projeto do governo em que autoriza aos servidores a pedir empréstimo para pagar seus próprios salários. Ele diz que isso é um absurdo e que vai votar contra esse projeto.

O projeto é um dos 5 que serão votados hoje, 31, na Assembleia Legislativa, do denominado “RN Urgente”.

Os empréstimos serão pagos juntamente com os juros dos abonos em que o governo pagará em seis vezes. Isto é, o governo se responsabiliza em pagar os juros.

CNH Digital já está disponível em Minas: saiba como funciona

Documento poderá ser baixado para o celular por meio de um aplicativo com senha. Ele gera um QR Code que pode ser lido por outro aparelho, confirmando a autendicidade
(foto: Cristiane Silva/EM/DA Press)

Motoristas de Minas Gerais já podem solicitar gratuitamente junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) a Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH-e), que poderá ser acessada por meio de um aplicativo para celular. Para ajustes técnicos de alguns órgãos e entidades de trânsito, a emissão obrigatória em todo o país foi adiada para 1º de julho. No entanto, em Minas, o documento já começa a valer a partir desta quinta-feira, 1º de fevereiro, e será aceito em todo o território nacional, segundo o Departamento de Trânsito do estado (Detran-MG).

A novidade foi apresentada em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira. “É um documento digital com toda a clareza e possibilidade de conferência e exportação de dados”, explicou o delegado José Marcelo de Paula Loureiro, coordenador de Administração de Trânsito do Detran-MG.

“É o primeiro documento digital posto a serviço do cidadão. A partir de 2 de maio de 2017, as CNHs com QR Code (Quick Response Code, que pode ser lido por meio de um aplicativo) começaram a ser feitas em Minas Gerais. A partir delas podem ser feitas as novas CNHs (digitais). Da nossa população de condutores de cerca de 6,6 milhões, cerca de 1,2 milhão já tem o novo modelo da CNH”, detalha o delegado. Os motoristas que já possuem o novo modelo de CNH de 2017 e estão com os dados atualizados no Detran, como e-mail e telefone celular, já podem solicitar o documento eletrônico no site do Denatran.

 

 

Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2018/01/31/interna_gerais,934852/cnh-digital-ja-esta-disponivel-em-minas-saiba-como-funciona.shtml

Principais notícias desta quarta-feira (31) para começar o dia bem informado:

Resultado de imagem para Bolsonaro
Foto: da Internet
  • Nos cenários sem Lula, Bolsonaro lidera com 18% a 20% no Datafolha. Apesar de condenado em segunda instância, o ex-presidente se manteve estável na liderança das pesquisas. Defensores do governo Temer não passam de 2%.
Resultado de imagem para temer
Foto: da Internet
  • Temer reajusta salários e desiste de reonerar folha. Medida Provisória 805, que postergou o aumento, foi suspensa por liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal.

 

Resultado de imagem para donald trump
Foto: da Internet
  • Em discurso, Trump faz apelo urgente à unidade dos EUA. Presidente defendeu as conquistas de seu governo e reforçou sua intenção de priorizar os interesses americanos.
Resultado de imagem para Lula
Foto: da Internet
  • STJ nega pedido para evitar prisão de Lula após segunda instância. No habeas corpus preventivo, a defesa de Lula alegou que o entendimento do STF sobre a prisão após a segunda instância não é de aplicação obrigatória. Prazo para prisão pode ir de 3 meses até 4 anos.
Resultado de imagem para Petrobrás
Foto: da Internet
  • Petrobras faz pré-pagamento de dívida de US$ 2,8 bi com China Development BankAdicionalmente, a companhia realizou, em 26 de janeiro, o saque de US$ 2 bilhões do novo financiamento contratado com o banco no final de 2017.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/mercados/bolsonaro-lidera-datafolha-e-tudo-para-ler-antes-de-a-bolsa-abrir/

STJ nega pedido para evitar prisão de Lula após segunda instância

Resultado de imagem para Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – Givaldo Barbosa / Agência O Globo  

 

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, negou hoje (30) habeas corpus preventivo para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na decisão, Martins, que está no exercício da presidência do STJ, negou pedido feito pela defesa do ex-presidente para impedir a eventual execução provisória da condenação, após o último recurso que será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre.

A possibilidade de prisão para execução provisória da condenação do ex-presidente ocorre em função do entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que valida prisão de condenados pela segunda instância da Justiça, mesmo cabendo recurso aos tribunais superiores.

No habeas corpus preventivo, a defesa de Lula alegou que o entendimento do STF sobre a prisão após a segunda instância não é vinculante, ou seja, de aplicação obrigatória. Dessa forma, segundo os advogados, o TRF4 não poderia ter determinado a execução provisória da condenação, na decisão da semana passada.

“Se não é possível o cumprimento antecipado da pena a partir do acórdão que realiza simples menção aos julgados da Excelsa Corte [STF] que o autorizaram, que dirá da decisão que apenas faz referência a entendimento sumular do Tribunal Regional?”, questionou a defesa.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/stj-nega-pedido-para-evitar-prisao-de-lula-apos-segunda-instancia/

Governo examinará novo sistema de videomonitoramento de segurança nesta quarta (31)

Modelo da câmera que será avaliado – Foto Grifo Comunicação
O Governo do Estado vai realizar um exame prático sobre o novo sistema de videomonitoramento que auxiliará na segurança pública do Estado nesta quarta-feira (31), a partir das 14h, na Rota do Sol, nas proximidades Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI).
Essa avaliação faz parte da licitação que distribuirá 184 câmeras de alta tecnologia para o Estado. Sendo: 140 câmeras móveis com zoom de 30x capaz de identificar os veículos e seus ocupantes, cobrindo uma área de um quilômetro de raio visualizando também espaços urbanos e e comércio; e outras 44 câmeras capazes de ler placas de automóveis e motos e já identificar as que possuem queixas de furto e roubo instantaneamente tanto de dia, como em condições de total ausência de luz. A empresa que será avaliada esta é a potiguar Interjato Soluções, que apresentou uma proposta de R$ 6,9 milhões para instalação dos equipamentos em 120 dias após a assinatura do contrato. Valor este mais de 30% abaixo do global estimado, de R$ 10 milhões.
O diretor da empresa destacou a importância dos equipamentos para a segurança pública e  a economia para os cofres públicos. “Estamos mostrando que o RN tem tecnologia dentro de casa capaz de ajudar a segurança pública e que empresas locais podem ser competitivas, deixam os impostos em nosso estado. Serão câmeras que não só farão o monitoramento remoto, mas que também passarão informações estratégicas e em tempo real para os setores de segurança pública. O sistema é tão complexo que identifica até tentativas de sabotagem e passagem de carros a mais de 120km/h, sempre com informações em tempo real”, contou.
Ao todo serão avaliados 30 itens entre os softwares implementados e os dois tipos de câmeras. Estarão presentes membros da comissão de licitação, representantes do Governo do Estado e da própria empresa avaliada para mostrar o funcionamento dos equipamentos e para demonstrar toda a capacidade técnica de instalação e operação.