O senador Garibalde Alves articulou meios para tentar salvar Henrique da prisão

Resultado de imagem para Garibaldi Alves no celular
Foto: da Internet

No último dia 08 de novembro, o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) foi flagrado em uma gravação, onde dava indícios de uma conversa com o senador e ex-presidente do Brasil, José Sarny, com o objetivo de tirar o primo e ex-ministro dos governos Dilma e Temer (PT e PMDB), Henrique Eduardo Alves da prisão. A conversa que foi gravada pela a polícia por interceptação nos celulares de Garibaldi, Laurita e Larissa, esta filha de Henrique. (Interceptação autorizada pela justiça). Na gravação está registrado a intenção de Garibaldi conseguir uma soltura antecipada do primo. 

Henrique Alves, presidente estadual do PMDB foi deputado federal por onze mandatos ininterrupto, e foi presidente da Câmara Federal, sendo o terceiro da linha sucessória da presidência da República Federativa do Brasil, tendo assumido o comando do Brasil por algumas vezes. Henrique é primo do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que possivelmente concorrerá, nas eleições de 2018, para o cargo de governador do Estado do Rio Grande do Norte.

O acesso ao relatório da Operação manus que registra as gravações telefônicas foi feito pelo blog de Matheus Leitão.

O senador Garibaldi Alves concorrerá a reeleição para permanecer no senado, nas eleições de 2018.

Leave a Comment