Category: Policial

Com tiros na cabeça, mulher grávida é morta dentro de apartamento na região Oeste potiguar

Morta a tiros, Katiana Vieira da Silva tinha 42 anos. (Foto: Arquivo pessoal)
Morta a tiros, Katiana Vieira da Silva tinha 42 anos. (Foto: Arquivo pessoal)

Do G1RN

Uma mulher foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (18) em Mossoró, cidade da região Oeste do estado. Familiares disseram a polícia que a vítima estava grávida de cinco meses. Katiana Vieira da Silva, de 42 anos, foi atingida por disparos na cabeça. Ninguém foi preso.

De acordo com a Delegacia de Plantão de Mossoró, por volta de 19h30, dois homens chegaram em uma moto, subiram até o apartamento em que Katiana Vieira morava e atiraram nela.

O delegado Roberto Moura disse que precisa da comprovação do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) para saber se a mulher estava grávida. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. O caso será encaminhado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Polícia confirma morte de quatro criminosos após confronto na Zona Oeste de Natal

Armas e drogas foram apreendidas após troca de tiros na Zona Oeste de Natal (Foto: PM/Divulgação)
Armas e drogas foram apreendidas após troca de tiros na Zona Oeste de Natal (Foto: PM/Divulgação)

Quatro criminosos foram mortos após uma intensa troca de tiros com a Polícia Militar no fim da tarde desta terça-feira (16) no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal. Segundo a PM, mais dois homens ficaram feridos. Armas e drogas foram apreendidas.

Depois de receber um denúncia anônima, policiais da Força Tática foram até uma casa no chamado KM-6. Ao chegarem no local, os PMs foram recebidos a tiros. Foi quando houve o revide.

Ainda de acordo com a polícia, seis homens estavam na casa. Baleados, todos foram socorridos. Quatro deles morreram ao dar entrada no hospital. Outros dois tiveram ferimentos na perna. Após receberem atendimento, eles foram presos e levados à delegacia. Nenhum policial ficou ferido.

Na casa usada pela quadrilha, foram apreendidos três revólveres, duas pistolas (uma delas falsa) e uma espingarda, além de um faca, três tabletes de maconha, balança de precisão e aparelhos celulares.

Justiça extingui processo que pedia prisão de policiais.

O desembargador Saraiva Sobrinho corrigiu o equívoco do pedido de prisão para os policiais que estavam aquartelados (greve). O pedido de prisão foi determinado pelo ex-presidente do Tribunal de Justiça, o desembargador Cláudio Santos. Com a extinção do processo os policiais que fizeram o movimento recebem o perdão por um pecado que não cometeram. Visto que só permaneceram aquartelados por causa da falta de seus pagamentos de salários, de seus décimos terceiros, e de melhores condições para exercerem seus trabalhos.

Durante a mobilização, policiais civis chegaram a se apresentar algemados por causa da decisão que pedia a prisão dos grevistas (Foto: Vitorino Junior/Photopress/Estadão COnteúdo)
Durante a mobilização, policiais civis chegaram a se apresentar algemados por causa da decisão que pedia a prisão dos grevistas (Foto: Vitorino Junior/Photopress/Estadão COnteúdo)

Policiais militares aceitam proposta do Governo para encerrar greve no RN

Representantes de policiais e bombeiros militares do RN se reuniram com os representantes do Governo para tentar chegar a um acordo (Foto: Thyago Macedo/Sinpol)
Representantes de policiais e bombeiros militares do RN se reuniram com os representantes do Governo para tentar chegar a um acordo (Foto: Thyago Macedo/Sinpol)

Os policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte aceitaram a proposta do Governo do Estado para encerrar a greve, iniciada no dia 19 de dezembro. A formalização do fim da greve deve acontecer após assembleia da categoria prevista para a manhã desta quarta-feira (10).

“Os policiais já definiram para não manter o movimento e em contrapartida o governo se comprometeu a dar condições de trabalho. A categoria já decidiu à unanimidade o retorno nas atividades e estamos apenas colocando no papel”, afirma Roberto Campos, presidente da Associação de Cabos e Soldados da PM.

Mais cedo, os policiais civis já haviam anunciado que retomariam o trabalho. Delegados, agentes e escrivães estavam em greve desde o dia 20 de dezembro.

Fonte:https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/policiais-aceitam-proposta-do-governo-para-encerrar-greve-no-rn.ghtml

Cabo da PM é morto a tiros na Zona Leste de Natal; polícia busca assassinos

Do G1RN

m cabo da Polícia Militar foi morto a tiros na tarde deste domingo (7) no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal. Carlos Alberto Araújo da Costa tinha 48 anos e era lotado na Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR), e estava concluindo o curso para se formar sargento.

Cabo da PM foi morto neste domingo (7) quando voltava para casa  (Foto: Divulgação/PM)
Cabo da PM foi morto neste domingo (7) quando voltava para casa (Foto: Divulgação/PM)

Ainda segundo a PM, o cabo estava retornando para casa em uma motocicleta após ter ido comprar um frango assado. No meio do caminho, ele teria sido reconhecido por dois criminosos, que se aproximaram e atiraram.

Policiais foram chamados e deram início a uma operação visando a prisão dos criminosos, mas até a última atualização desta matéria nenhum suspeito havia sido encontrado.

O homicídio aconteceu no segundo dia de validade do decreto de calamidade na segurança pública do Rio Grande do Norte, que enfrenta uma crise sem precedentes. Desde o dia 19 de dezembro, policiais e bombeiros militares estão em greve por causa dos salários atrasados.

Carlos Alberto deixa mulher e duas filhas.

 

Após decisão judicial, PMs começam a voltar às ruas no RN

Equipe de policiais militares deixa o 9º Batalhão da PM, em Natal, na manhã desta terça-feira, 19. (Foto: Reprodução)

Após decisão da Justiça do Rio Grande do Norte que determinou a prisão de policiais que promovam e defendam a paralisação iniciada no dia 19 de dezembro, policiais militares começaram a deixar os batalhões da região metropolitana de Natal para fazer patrulhamento, durante a manhã desta terça-feira (2). Algumas equipes permaneceram nas unidades.

A Justiça também determinou multa diária de R$ 100 mil para as associações que representam os militares. Apesar de as associação de militares negarem que haja uma greve, reforçaram que a operação ‘Segurança com Segurança’ – segundo a qual os militares só devem atuar com carros e equipamentos em condições de uso – continua.

Policiais militares, civis e bombeiros do estado estavam paralisados desde o dia 19 de dezembro, em protesto contra atrasos salariais. Sem policiamento nas ruas, houve aumento da violência. Foram registrados de arrombamentos, assaltos e homicídios. No último final de semana, o governo federal enviou 2,8 mil homens e mulheres das Forças Armadas para reforçar a segurança no estado.

Policiais civis, que atuam em regime de plantão desde o dia 20 de dezembro, tiveram reunião com a delegada-geral de polícia na manhã desta terça-feira (2) e agendaram uma assembleia para o período da tarde.

No início da manhã, dois dos cinco carros do 9º BPM deixaram a unidade. Segundo os policiais, as outras viaturas não estavam em condições de uso. Nas horas seguintes, três carros saíram do 1º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo patrulhamento na Zona Leste da capital, e cinco viaturas do 5º Batalhão tomaram as ruas na Zona Sul da capital. As confirmações são dos comandantes e oficiais das unidades.

Até a metade da manhã, o 4º Batalhão na Zona Norte da capital não tinha carro circulando nas ruas. De acordo com os policiais, os veículos estavam sendo adequados para uso.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Militar é encontrado morto em alojamento das Forças Armadas no RN

Mudança na Segurança. Homens do Exército fazem patrulhamento nas ruas de Natal para conter onda de violência – Tripé Fotografia  

Um militar foi encontrado morto em alojamento das Forças Armadas montado em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Ele participava da Operação Potiguar III — ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) determinada pelo presidente Michel Temer no dia 29 de dezembro para conter a onda de crimes ocorridas durante a paralisação de policiais militares e civis no estado. O movimento de protesto das forças de segurança estaduais teve início no dia 19 de dezembro. Até o dia 31, 94 homicídios foram registrados no período da paralisação.

A morte do militar ocorreu na madrugada desta segunda-feira, dia 1º de janeiro. Segundo o G1, o Exército confirmou a morte, mas não informou o nome, a idade e a patente do militar. A motivação da morte também não foi informada pelo Exército. O ministro da Defesa, Raul Jungamn, disse que o caso está sendo investigado:

— Ainda não temos informações concretas. Mas o que já podemos informar é que não houve um crime — declarou o ministro em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/militar-encontrado-morto-em-alojamento-das-forcas-armadas-no-rn-1-22245006#ixzz52zsP1Ch5
stest

stest

Sesed e PM vão cumprir decisão que decreta prisão de policiais que colaboram com paralisação no RN

Coletiva aconteceu na tarde desta segunda-feira (1) (Foto: Lucas Cortez/ G1 RN)
Coletiva aconteceu na tarde desta segunda-feira (1) (Foto: Lucas Cortez/ G1 RN)

Entrevista coletiva nesta segunda-feira (1), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) e o Comando Geral da PM informaram que a partir desta terça-feira (2) irão cumprir a decisão judicial decretada pelo desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), que determina a prisão de policiais que incitem e defendam a paralisação no estado, que foi iniciada no dia 19 de dezembro.

A secretária da Sesed, Sheila Freitas, entende que é crucial o fim da paralisação dos policiais civis e militares. Como justificativa, ela cita as duas ordens judiciais que determinam a volta imediata dos servidores aos postos de trabalho. A primeira foi decretada pela desembargadora Judite Nunes no dia 24 de dezembro, que considerou o movimento ilegal e, a mais recente, estabelecida pelo desembargador Cláudio Santos, neste domingo (31), que determina punições para os servidores que colaborarem com a paralisação.

“Nós preparamos essa coletiva para que os policiais tenham conhecimento do teor das decisões. Que é imperioso amanhã (terça-feira) a reabertura das delegacias, é imperioso que se vá para os batalhões e se faça o patrulhamento”, disse Sheila Freitas, que ressaltou que a paralisação não acontece em todo o estado, mas em Natal, Grande Natal e parte de Mossoró.

Já o comandante-geral da PM, Osmar de Oliveira, declarou que reconhece os problemas estruturais enfrentados pelos policiais e os atrasos salariais, mas que não pode ir contra duas decisões da Justiça. “Eu não posso fechar os olhos para duas decisões judiciais e deixar minha tropa caminhar ao abismo, achando que alguém vai salvá-la no final. É preciso uma reflexão”, alegou.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/sesed-e-pm-vao-cumprir-decisao-que-decreta-prisao-de-policiais-que-colaboram-com-paralisacao-no-rn.ghtml

Ministério da Justiça anuncia envio de mais 30 policiais da Força Nacional para o RN

Equipes da Força Nacional deixam Academia da Polícia Militar para reforçar segurança nas ruas de Natal (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)
Equipes da Força Nacional deixam Academia da Polícia Militar para reforçar segurança nas ruas de Natal (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)

Do G1RN

O Ministério da Justiça confirmou o envio de mais 30 policiais da Força Nacional para reforçar a segurança nas ruas do Rio Grande do Norte. Policiais e bombeiros militares estão aquartelados desde a última terça-feira (19). Policiais civis trabalham em regime de plantão desde quarta (20). As categorias reivindicam, além de melhores condições de trabalho, o pagamento dos salários e 13º.

Após a paralisação das polícias, vários crimes foram registrados em Natal e cidades do interior do estado. Segundo a secretaria de Segurança do RN, a região metropolitana de Natal já registrou mais de 450 arrombamentos, roubos e furtos nos últimos nove dias. No mesmo período, em todo o estado, houve 59 homicídios, segundo o Observatório da Violência Letal Intensional (OBVIO) – instituto que contabiliza crimes contra a vida.

Setenta homens da Força Nacional chegaram ao RN na última sexta-feira (22) e se juntaram aos 120 que já estavam no estado. Com a chegada de mais 30 serão, ao todo, 220 homens da Força Nacional reforçando o patrulhamento ostensivo no RN.

Deputada federal Maria do Rosário do PT foi assaltada, ainda bem que não foi estuprada

Deputada federal foi assaltada, junto com o marido, quando chegava em casa na noite de quarta-feira (27), em Porto Alegre. Ambos passam bem  (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)
Deputada federal foi assaltada, junto com o marido, quando chegava em casa na noite de quarta-feira (27), em Porto Alegre. Ambos passam bem (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

A deputada federal do PT, do Rio Grande do Sul, foi vítima de assalto – ainda bem que não a estupraram – em frente ao apartamento aonde mora, no bairro Chácara das Pedras. Ela estava acompanhada de sue marido.

O carro da deputada que foi levado já foi encontrado. Mas nenhum suspeito foi preso. Segundo informações da Brigada Militar, a ação ocorreu quando a deputada chegava em casa.

A assessoria de imprensa emitiu nota sobre o ocorrido:

“Informamos que a deputada federal Maria do Rosário e seu esposo, Eliezer Pacheco, foram vítimas de assalto na tarde desta quarta-feira (27), em Porto Alegre.

Além do carro, foram levados pertences pessoais. O boletim de ocorrência já foi realizado. Brigada Militar e Polícia Civil foram acionados e prestaram pronto atendimento.

Rosário e Eliezer passam bem.”

Do G1RS

Bando invade velório, rouba caixão, incendeia corpo e registra imagens do crime

Homens mascarados invadiram um velório que ocorria na noite desta terça-feira, no bairro Sapiranga-Coité, em Fortaleza, e incendiaram o corpo de um jovem de 22 anos que havia sido morto no dia de Natal, celebrado nesta segunda-feira. Ainda não há informações se os criminosos estão relacionados ao assassinato investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital do Ceará.

Nas redes sociais, circulam imagens registradas pelo bando que, segundo os investigadores, seria de uma facção criminosa que pratica tráfico de drogas na cidade. O vídeo mostra o momento em que foi efetuado o crime de vilipêndio de cadáver. A DHPP explicou que é possível que a investigação da segunda ação contra o jovem continue sob sua competência caso seja comprovada a relação entre o homicídio e a invasão ao velório. No entanto, caso não haja essa ligação, o caso deve ficar a cargo da delegacia da área onde ocorria o velório.

 

Fonte: https://cidadeverde.com/noticias/262901/bando-invade-velorio-rouba-caixao-incendeia-corpo-e-registra-imagens-do-crime

Loja de departamentos é alvo de arrastão no centro de Natal

Quiosques de celulares, dentro da loja da C&A no centro de Natal, foi alvo dos criminosos (Foto: PM/Divulgação)
Quiosques de celulares, dentro da loja da C&A; no centro de Natal, foi alvo dos criminosos (Foto: PM/Divulgação)

Do G1RN

Pelo menos cinco homens armados fizeram um arrastão em quiosques de celulares dentro da loja C&A no centro de Natal, na manhã desta quinta-feira (28). Após o crime, vários estabelecimentos da avenida Rio Branco, uma das mais movimentadas da cidade, fecharam as portas como medida de segurança.

De acordo com testemunhas, os criminosos usavam roupas camufladas e estavam fortemente armados. Eles chegaram ao local em um carro branco, anunciaram o assalto e levaram vários aparelhos e equipamentos que estavam expostos. Ninguém foi preso até o momento.

RN: bandidos sequestraram o prefeito de Nísia Floresta

O prefeito da cidade de Nísia Floresta, na Grande Natal, teve o carro tomado por assaltantes na tarde desta quarta-feira (27), quando chegava a um evento. Daniel Marinho foi abandonado pelos criminosos na localidade de Boágua.

Prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, foi alvo de assalto na cidade (Foto: Facebook/Reprodução)
Prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, foi alvo de assalto na cidade (Foto: Facebook/Reprodução)

Preocupado o vereador de Nísia Floresta, Luiz Henrique, faz apelo sobre o sequestro-relâmpago do prefeito Daniel Marinho. Ele pedia que quem tivesse informações passasse para ele.

PM do RN segue sem ir às ruas e Polícia Civil decide nesta quinta sobre retorno

Foto: da Internet

Do G1RN

Depois de um encontro com a Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), os policiais civis e delegados do Rio Grande do Norte marcaram para esta quinta-feira (28) a assembleia para definir os rumos do movimento de protesto conta os atrasos salariais. Os PMs também se reuniram nesta quarta (27) e mantêm a posição de não ir às ruas.

De acordo com o delegado-geral de Polícia Civil, Correia Júnior, a Degepol propôs a agentes e delegados que retomem o trabalho em regime de 6h, para que não precisem se deslocar para almoçar e gerar ônus, visto que os pagamentos estão em atraso. Além disso, a Delegacia Geral diz que disponibilizará viaturas para buscar os servidores em casa.

Desde a semana passada, a Polícia Civil trabalha em regime de plantão, atendendo a população nas DPs de Plantão das Zonas Norte e Sul e na Central de Flagrantes.

O Sindicato dos Policiais Civil e Servidores da Segurança (Sinpol) e a Associação de Delegados de Polícia do RN informaram, através de suas assessorias de comunicação, que se reúnem na manhã desta quinta (28) para deliberar sobre a proposta.

 

Síndica morre esfaqueada por vizinha após questionar choro de criança

A vizinha, Rayanne Maia Marques, e a síndica, Ludmilla Rivas da Silva, que deixou dois filhos e marido. Foto: Reprodução internet/Facebook
A vizinha, Rayanne Maia Marques, e a síndica, Ludmilla Rivas da Silva, que deixou dois filhos e marido. Foto: Reprodução internet/Facebook
Uma mulher de 37 anos, síndica de um prédio no Bairro Parque São José, na Região Oeste de Belo Horizonte, foi morta a facadas na noite de segunda-feira. Uma vizinha dela, de 27, foi presa pelo crime – no perfil que mantinha no Facebook, a suspeita tinha o hábito de postar fotos com armas e com notas de dinheiro sobre o corpo. O motivo do crime seria um desentendimento que começou por conta do choro do filho da suspeita.
O crime ocorreu em um imóvel na Rua Júlio de Castilho, pouco antes das 20h. De acordo com a Polícia Militar (PM), a informação é de que Ludmilla Rivas da Silva foi até o apartamento de Rayanne Maia Marques perguntar por que o filho dela estava chorando e acabou esfaqueada no pescoço.
Vizinhos ouviram a confusão e conseguiam deter a mulher até a chegada da polícia. Os militares providenciaram socorro a Ludmilla, mas ela morreu no Hospital João XXIII. A faca usada no crime foi apreendida e Rayanne foi levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil 3 (Ceflan 3), no Barreiro. O filho dela foi deixado aos cuidados dos avós, segundo a PM.
Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2017/12/26/interna_brasil,735961/sindica-morre-esfaqueada-por-vizinha-apos-questionar-choro-de-crianca.shtml