Category: Política

Procon da Assembleia leva atendimento ao bairro do Planalto

Crédito da Foto: Eduardo Maia

Aproximar serviços e garantir direitos do consumidor potiguar. Esse é o objetivo de mais uma ação do Procon Móvel da Assembleia Legislativa, que desta vez levará a sua unidade itinerante ao bairro do Planalto, Zona Oeste de Natal. A ação acontece nesta quinta-feira (7), das 8 às 17 horas, em frente ao supermercado Rede Mais. De acordo com o presidente da Casa Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), o projeto busca democratizar as ações do parlamento estadual.

“Queremos, com o Procon Móvel, ir além do nosso dever constitucional de legislar, julgar e fiscalizar, levando ao norte-rio-grandense atendimento gratuito e especializado em defesa dos direitos do consumidor”, afirma o presidente.

Os atendimentos itinerantes do Procon Legislativo são prestados em uma unidade móvel devidamente equipada para atender a população, oferecendo serviços que vão desde a orientação e distribuição de material educativo até a resolução de conflitos entre consumidores e fornecedores. Segundo o coordenador do órgão, os resultados das ações têm sido positivos.

“É uma iniciativa que estende o alcance dos serviços oferecidos pelo Procon Legislativo, prestando, dessa forma, relevantes serviços à sociedade. Uma proposta que aproxima a Casa do Povo junto ao potiguar e que tem alcançado expressivos resultados por onde passa”, analisa Dary Dantas.

O dirigente explica que o órgão atua com foco na resolução de conflitos por meio da conciliação entre as partes reclamante e reclamada, contribuindo para desafogar o Poder Judiciário, evitando que os processos solucionados demandem os tribunais especiais. Segundo Dary, as reclamações contra as operadoras de telefonia móvel, cartão de crédito, planos de saúde e transações financeiras lideram as queixas registradas.

Durante as ações itinerantes do órgão, a equipe busca conversar com pessoas que atuam no comércio ou oferecimento de serviços local, com a finalidade de conscientizar sobre a necessidade de se respeitar o Código de Defesa do Consumidor.

A edição do Procon Móvel no Planalto conta com o apoio do Conselho Comunitário do bairro e, nos próximos dias, segue também para Mãe Luiza e Redinha. O projeto já esteve em bairros de Natal, Parnamirim, Ceará-Mirim, Angicos e Macau.

Serviço

Além do atendimento itinerante, o Procon Legislativo atende de segunda a sexta-feira na rua Jundiaí, no bairro do Tirol, em Natal. O órgão também disponibiliza orientação através do telefone 3615-9000 ou no Whatsapp 98849-1189.

Assembleia homenageia ativistas na luta pelos direitos dos portadores de HIV

Em Sessão Solene proposta pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB), a Assembleia Legislativa homenageou, nesta terça-feira (05), personalidades que tiveram alguma atuação referente ao “Dia Mundial de Luta Contra a Aids”. A Sessão contou com a presença dos secretários de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte, George Antunes, e do Município de Natal, Maria da Saudade. O deputado e médico Getúlio Rêgo (DEM) também esteve presente à homenagem.

“O dia mundial da Luta contra a Aids dá a oportunidade de se falar da infecção por HIV e da Aids, de dedicar atenção às pessoas infectadas pelo HIV e das doenças da Aids. Esse dia já é considerado um evento anual na maior parte dos países”, discursou Larissa, evocando as atividades de luta já em curso e encorajando novas iniciativas. “Apesar de hoje a grande maioria de a população conhecer as formas de transmissão e entender que não existem grupos de risco, muito preconceito envolve os portadores de HIV”, ressaltou a parlamentar, que enalteceu o trabalho dos grupos Articulação Aids Rio Grande do Norte e Fórum LGBT Potiguar.

Larissa lembrou que o RN notificou 4.666 casos de Aids no período de 1980 a 2013 e 1.269 óbitos que tiveram a Aids como causa básica, de 1980 a 2012. Ela também ressaltou que de 2000 a 2012 a maioria dos casos de Aids eram em homens, e enquanto cinco mulheres a cada 100 mil habitantes portavam a síndrome, os homens eram 15 para cada 100 mil. “Hoje, segundo dados do Ministério da Saúde, o nosso Estado é o terceiro com maior incidência de Aids no Brasil, com uma média de 5,5 casos da doença para cada 100 mil habitantes”, afirmou a parlamentar, que solicitou ações do Governo do Estado para garantir qualidade de vida às pessoas infectadas.

Os homenageados pela deputada Larissa Rosado foram o representante do Hospital Giselda Trigueiro, João Bosco Lima Barbosa; o Hospital Rafael Fernandes, de Mossoró; o professor da UERN e enfermeiro João Bosco Filho; a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica do Estado, Maria de Lima Alves; a secretária do Município de Natal, Maria da Saudade de Azevedo Moreira; a articuladora de IST/Aids na II Regional de Saúde de Mossoró e Região, Kelly Escóssia Formiga; o coordenador do Fórum LGBT Potiguar, Wilson Dantas Sobrinho; a secretária de Estado da Habitação, Trabalho e Assistência Social do RN, Juliane Dantas de Faria; a secretária de Comunicação do Estado, Juliska Azevedo Barnabé da Costa; o titular da Saúde estadual, George Antunes de Oliveira; o coordenador estadual do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais do RN, Sérgio Fabiano Cabral; o articulador de IST/Aids da Regional de Saúde de Santa Cruz e Região, Iramil Araújo; a primeira ativista na luta contra Aids no RN, Maria José Sabino; a enfermeira Gina Monte; e o advogado e ativista Esdras Rodrigues Gurgel.

Falando em nome dos homenageados, o enfermeiro João Bosco Filho ressaltou o respeito às pessoas que tem HIV Aids. “Essas pessoas não precisam de julgamento, elas precisam de respeito e cuidado”, disse o homenageado, lembrando que as pessoas tratam dos direitos das minorias quando essas pessoas não são minorias, e sim cidadãs. “A Aids não está só na comunidade LGBT, mas em todos os espaços”, alertou o enfermeiro que anunciou a luta pela abertura, no próximo ano, em Natal, do primeiro Centro de Referência em Perdas do Brasil. “Não podemos esquecer que são seres humanos que estão nesse processo, e que eles não são apenas soropositivos”, concluiu João Bosco em seu discurso.

“Assembleia e Você” faz mais de 4 mil atendimentos à população de Macau

O programa “Assembleia e Você” obteve recordes de atendimentos em mais uma edição realizada neste ano. No município de Macau, onde o Poder Legislativo levou diversos serviços para a população local, foram atendidas 4.028 pessoas durante os  dos dias de realização do programa. A avaliação foi positiva por parte da população e também do presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

“Esse projeto democratiza os serviços da Assembleia Legislativa, que sai de sua estrutura física para atender a população do interior do Estado, trazendo solidariedade a uma parcela da sociedade carente em serviços de saúde e cidadania. É a força do Legislativo Estadual e de todos os que compõem a Casa do Povo em favor do norte-riograndense”, disse Ezequiel Ferreira.

Com serviços em diversas áreas, o “Assembleia e Você” realizou 1.613 atendimentos somente na área de saúde. Foram consultas de cardiologia (102), clínica geral (175), pediatria (142), ortopedia (103), nefrologia (72), eletrocardiograma (101), nutrição (84), odontologia (423), fisioterapia (43), além de da triagem adulto (226) e infantil (142).

Porém, não foram oferecidos somente os atendimentos de saúde. Na oficina de pintura e no salão de jogos, por exemplo, passaram 705 pessoas. Já para serviços sociais, foram expedidas 661 carteiras de identidade, além do corte de cabelo de 316 pessoas e fotos 3×4 para 532 pessoas que necessitavam da imagem para documentos.

Já na área de defesa do consumidor, a Assembleia também ofereceu serviços à população macauense e da região. A unidade móvel do Procon Legislativo foi até o município para atender às demandas. Ao todo, foram 101 atendimentos relacionados desde á compra de eletrônicos até falhas em serviços contratados pela população.

“São serviços que muitas vezes a população tem dificuldade para o acesso e a Assembleia busca colaborar, dar mais opções e ajudar a sanar as demandas. O ano foi importante para fazermos essas ações e buscaremos ampliá-las, levando para cada vez mais municípios”, finalizou o presidente Ezequiel Ferreira.

Servidores pedem interlocução da AL junto ao Governo para pagamento de salários

Servidores estaduais do quadro funcional da Saúde e da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) pediram, na manhã desta terça-feira (5), a interlocução da Assembleia Legislativa junto ao Governo do Estado para solucionar o atraso do pagamento de salários. Onze deputados receberam representantes do Sindsaúde e da Aduern, por mais de duas horas, coordenados pelo presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

“A Assembleia Legislativa sempre esteve aberta a receber os pleitos dos servidores estaduais. O atraso dos salários é uma questão muito séria e que tem a atenção da Casa. Nossa intenção é sentar com os poderes, amadurecer soluções e ajudar a colocá-las em prática”, disse o presidente Ezequiel Ferreira.

Líder do Governo, o deputado Dison Lisboa (PSD) informou que o governador Robinson Faria (PSD) está articulando a edição de uma Medida Provisória (MP) pelo presidente da República Michel Temer (PMDB), para conseguir auxílio extra R$ 750 milhões, a exemplo do que aconteceu com o estado do Rio de Janeiro. Os recursos, segundo ele, permitiriam a regularização do pagamento dos servidores.

A servidora Rosália Fernandes, do Sindsaúde, externou que sabe que o pagamento dos salários dos servidores do Executivo não é responsabilidade da Assembleia, mas pediu a intermediação da Casa. “Queremos sentar com todos os poderes e Ministério Público do Estado, com a presença do governador, para solucionarmos a questão”, disse ela. A professora do campus da UERN de Assú, Andressa Oliveira, ressaltou a importância desse diálogo ser construído, para que possa ser restabelecido um calendário de pagamentos, de conhecimento dos servidores.

Participaram da audiência os deputados Galeno Torquato (PSD), Fernando Mineiro (PT), George Soares (PR), Raimundo Fernandes (PSDB), Larissa Rosado (PSB), Souza (PHS), Nelter Queiroz (PMDB), Carlos Augusto Maia (PSD) e Kelps Lima (Solidariedade).

O grupo de servidores chegou à Assembleia na tarde da segunda-feira (4),  para chamar a atenção da sociedade para a questão do atraso dos salários. Além do comprometimento da Casa de manter as portas abertas para o diálogo, os deputados reafirmaram que estão à disposição para estabelecer uma ponte entre os servidores e outros poderes, inclusive com o próprio governador.

CCJ aprova projeto que incentiva criação de startups no Estado

Em reunião ordinária nesta terça-feira (5), na Assembleia Legislativa, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) aprovou importantes projetos de lei de autoria parlamentar, dentre eles a matéria de iniciativa da deputada Márcia Maia (PSDB), que dispõe sobre a política estadual de estímulo, incentivo e promoção ao desenvolvimento local de startups.

“As startups são pequenas empresas de tecnologia que, por meio de seus produtos, influenciam diretamente na melhoria de vida do cidadão. Essa política que hoje aprovamos aqui na Comissão vai resultar em incentivos do Estado para estimular a criação desses pequenos empreendimentos tecnológicos”, disse Márcia Maia, presidente da CCJ.

Pela proposta, o Estado desburocratizaria a entrada de startups no mercado, criando processos simples e ágeis para a abertura e fechamento das empresas. Além disso, também seria criado pelo Governo do Estado um canal permanente de aproximação entre o Poder Público e as startups, incentivando o desenvolvimento e aplicação das ideias no Rio Grande do Norte e facilitando a captação de recursos.

Outro projeto de destaque aprovado durante a reunião, é de autoria do deputado Souza (PHS), que institui a Região Metropolitana de Mossoró, a ser integrada pelos municípios de Mossoró, Baraúna, Tibau, Grossos, Areia Branca, Serra do Mel, Assú, Upanema e Governador Dix Sept Rosado. De acordo com a justificativa apresentada pelo parlamentar, a proposta busca institucionalizar a parceria do Governo do Estado com as prefeituras dos municípios da área.

“A propositura objetiva à descentralização de gestão do Estado e à consequente agilização nas decisões pertinentes às funções públicas de interesse coletivo, buscando solucionar, eficazmente, os problemas comuns à população residente na região. Simultaneamente, visa uma maior racionalidade na aplicação dos recursos públicos”, defende Souza.

De autoria do Executivo Estadual, a CCJ apreciou ainda projeto que concede auxílio alimentação aos servidores do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). Relatada pelo deputado Nelter Queiroz (PMDB), a matéria foi aprovada unanimemente pelos parlamentares. “Trata-se de uma proposta justa para beneficiar os servidores que trabalham diariamente em favor do órgão”, argumenta Nelter.

Durante a reunião, outras treze matérias foram apreciadas pela comissão, que distribuiu ainda cinco novos projetos de lei para relatoria. Além dos parlamentares citados, participaram também os deputados Albert Dickson (PROS), Carlos Augusto Maia (PSD) e Larissa Rosado (PSB).

O maior aliado do PT nas eleições, mesmo se Lula não for candidato à presidência

Foto: Ricardo Stuckert

A participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua sendo a maior incógnita das próximas eleições. Líder nas pesquisas e com desempenho crescente perante o eleitorado, a despeito das denúncias que pesam contra si, o petista corre cada vez mais riscos de se tornar inelegível pela Lei da Ficha Limpa, caso a sentença proferida pelo juiz federal Sérgio Moro seja confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
Na medida em que a tramitação do caso envolvendo o tríplex no Guarujá (SP) avança, crescem as especulações sobre se o petista conseguirá confirmar candidatura em agosto do ano que vem, assim como quais opções restariam ao PT caso não possa contar diretamente com seu maior líder. Como muito se tem repetido, mesmo se não for candidato à sucessão de Michel Temer ao assento no Palácio do Planalto, Lula desempenhará papel central nas eleições de 2018.

 

Conforme observa o analista de cenários Leopoldo Vieira, há também um indissociável elemento político na decisão dos desembargadores, que poderá ser capitalizado pelo próprio ex-presidente em seu discurso. “Só quem caiu na toca do coelho de Lewis Carroll crê, realmente, que os despachos jurídicos que qualquer instância, com repercussão nas eleições presidenciais, são técnicos e serão aceitos como tais pela sociedade”, afirmou. Esse pode ser mais um ingrediente a dar peso à transferência de votos de Lula no processo.

 

 

Fonte: http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7124128/maior-aliado-nas-eleicoes-mesmo-lula-nao-for-candidato-presidencia

Presidente da Assembleia recebe embaixador da Alemanha no Brasil

Crédito das Fotos: João Gilberto

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), recebeu, nesta terça-feira (4), o embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, acompanhado da Cônsul-Geral da Alemanha para o Nordeste, Maria Könning, e do cônsul da Alemanha no Rio Grande do Norte, Axel Geppert. Um dos temas da reunião foi a construção de uma casa modelo, composta de material mais limpo, que evita resíduos e dispõe de mais eficácia energética que os modelos convencionais, e o Encontro Brasil Alemanha, que será realizado em 2019 em Natal.

“São informações de grande relevância não só para o Rio Grande do Norte, mas para todo o Estado brasileiro. Esse tipo de intercâmbio, trocando experiências e tecnologias, é fundamental, haja vista a avançada tecnologia produzida na Alemanha, culminando com essa notícia do evento a ser realizado aqui em Natal”, destacou o presidente Ezequiel Ferreira. O deputado lembrou a parceria existente entre a Casa e o Estado Alemão da Renânia Palatinado, em prática desde o ano de 2011.

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, disse que nesse período foram realizadas diversas parcerias nas áreas de energias renováveis e construção civil, além de missões empresariais e capacitações, como o programa de treinamento em gestão e meio ambiente para os jovens empresários, e a Casa Passiva, um modelo de certificação alemão de construção sustentável, criado com o objetivo de construir casas e edifícios com um consumo de energia zero ou muito baixo.

“Será a primeira estrutura desse tipo certificada na América Latina. Uma casa desse modelo custa entre 10% e 15% a mais que uma tradicional, mas produz a própria energia e não precisa lá na Alemanha, por exemplo, de ar-condicionado no verão ou aquecedor no inverno”, explicou Georg Witschel. Sobre o Encontro Brasil Alemanha, o embaixador disse que é um fórum que reúne centenas de empresários brasileiros e alemães, configurando-se como uma grande oportunidade para conhecer interesses de negócios.

Também participaram do encontro a secretária administrativa, Dulcinéia Brandão, e os deputados Fernando Mineiro (PT), George Soares (PR), Dison Lisboa (PSD), Larissa Rosado (PSB), Galeno Torquato (PSD), Raimundo Fernandes (PSDB) e Gustavo Fernandes (PMDB).

Cidades da região metropolitana são incluídas em pedido de distribuição alimentar

Os municípios de São José do Mipibu e de São Gonçalo do Amarante deverão ser contemplados pelo cestas de produtos hortifrútis doados pelos permissionários da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte.

A iniciativa é resultado de requerimento da deputada Cristiana Dantas (PCdoB) ao presidente da Ceasa, Theodorico Bezerra Netto. A distribuição de kits alimentares, pelo órgão, é uma ação prevista no programa ‘Cesta Solidária’.

“As cidades contempladas se situam na região de produção e comercialização desses alimentos, de modo que não haverá necessidade de questões de logísticas, ao mesmo tempo em que há mais equidade na distribuição desses recursos, que ficam concentrados na capital”, destacou a parlamentar.

O programa Cesta Solidária foi criado com o objetivo de arrecadar e selecionar produtos hortifrútis doados pelos permissionários da Ceasa para confecção de Kits para distribuição a famílias cadastradas.

A iniciativa possui áreas de manipulação de alimentos perecíveis e não-perecíveis, área de armazenamento de temperatura ambiente. Os Kits são compostos por frutas, verduras, legumes, hortaliças e gêneros alimentícios conforme as doações recebidas diariamente.

Previdência: Eunício Oliveira sinaliza que reforma pode ser votada em 2017

Resultado de imagem para Eunício Oliveira e Temer
Presidente do Senado, Eunício Oliveira, e Presidente da República, Michel Temer. Foto: Eraldo Peres)

Depois da jornada de encontros políticos do domingo, começou ontem a corrida dos articuladores do governo para tentar conseguir os 308 apoios que garantam a votação da reforma da Previdência na Câmara ainda este ano.

Embora o discurso seja mais otimista, existe a consciência quanto às dificuldades para se materializar os 320 votos imaginados pelo Planalto. “Estou realista. Otimista ainda não dá para ser. No sábado, estava pessimista. Depois da reunião de domingo, estou realista”, comentou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na saída de um evento em São Paulo.

O encontro de domingo poderá mudar também o ritmo de tramitação da proposta no Senado. O presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), teria prometido a Temer que, se a Câmara votar até o dia 13, a reforma entraria na CCJ do Senado e poderia ser votada no plenário entre os dias 20 e 21, derrubando o argumento de alguns deputados de que ficariam com o ônus da reforma e os senadores a enterrariam posteriormente. A assessoria de Eunício nega que a promessa tenha sido feita.

Reforma da Previdência é debatida em audiência na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa iniciou a semana debatendo a Reforma da Previdência, o relatório final da CPI que tratou do tema e a emenda aglutinativa ao projeto, durante audiência pública que reuniu especialistas em direitos trabalhistas e previdenciários e representantes do movimento sindical de diversas categorias. O objetivo, segundo o propositor, deputado estadual Fernando Mineiro (PT), era mostrar, dentre outros aspectos, que não há déficit no sistema previdenciário brasileiro.

“Precisamos estar atentos, conversar com as pessoas sobre o que está em jogo e resistir nas ruas para garantir os direitos da classe trabalhadora para esta e próximas gerações”, destacou Mineiro.

Para o presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Floriano Martins, o sistema previdenciário brasileiro não precisa de uma reforma como essa que está sendo proposta. “O que está sendo proposto aniquila a Previdência Social como direito e acesso. A CPI da Previdência fez um amplo diagnóstico como nunca foi feito em nosso país, elencando caminhos para que possamos ter uma Previdência Social melhor gerida, mais abrangente e que cumpra o que diz a Constituição Federal. A proposta feita apresenta uma situação de desequilíbrio previdenciário. O Governo tem olhado só o lado dos benefícios, restringindo-os”, disse.

O advogado especialista em Direito Previdenciário Nereu Linhares explicou que a previdência do servidor público foi criada com base em um estudo atuarial e esse estudo indicou que esse direito constitucional poderia ser feito da forma que é. Linhares também explicou que a emenda retira da Proposta de Emenda Constitucional todas as alterações que atingiam o segurado especial, notadamente o pequeno produtor rural. “Permanece a aposentadoria aos 60 anos para homens e aos 55 para mulheres, com 15 anos de tempo de contribuição”, diz. “Mas não houve tal recuo com relação ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), mantendo a aglutinativa em 25 anos o tempo mínimo de contribuição para os servidores públicos”.

Com relação às idades mínimas para as aposentadorias futuras, a aglutinativa mantém para os dois regimes, o geral e o próprio, o que já estava na PEC 287: 65 anos homem e 62 mulher; professores 60 anos; policiais civis 55 anos; trabalhador/servidor em condições prejudiciais à saúde 55 anos; segurado especial no RGPS 60 anos homem e 55 mulher e contribuintes com deficiência, sem idade mínima.

Representando a Central Intersindical, Santino Arruda destacou que esse debate é uma luta que deve ser encampada pelos trabalhadores. “Devemos ir contra esse rolo compressor que está querendo empurrar um modelo que não foi discutido com a sociedade. Um modelo com modificações de leis e conquistas que levamos anos para conseguir”, ressaltou.

A presidente da Conlutas, Rosállia Fernandes, reforçou o posicionamento que a reforma apresentada pelo Governo Federal chega para atender o interesse de uma minoria no país. O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil no RN (CTB RN), Wellington Duarte, por sua vez, foi categórico: “a reforma da Previdência é um elemento para desmonte do estado brasileiro”.

A audiência pública ocorreu um dia antes da mobilização nacional anunciada contra a Reforma da Previdência. O tema foi lembrando por todos os presentes, que aproveitaram a oportunidade para convocar os trabalhadores para participarem dos atos públicos e outras iniciativas que acontecem nesta terça-feira (5) no Estado.

Dison solicita manutenção do tratamento de água em município do Agreste

Devido à recorrente falta de água no município de Jundiá, localizado na região Agreste potiguar, o deputado Dison Lisboa (PSD) está solicitando ao Governo Estadual, por meio da Caern, a manutenção do sistema de tratamento de água da cidade.

“Há pelo menos dois anos a população de Jundiá vem enfrentando problemas com a qualidade da água que abastece a cidade, precisando recorrer a carros-pipa a fim de amenizar a situação”, justificou o parlamentar na sua solicitação.

De acordo com Dison, as informações são que a água disponível tem coloração escura, sem condições para consumo próprio e contraindicada para a saúde da população.“Solicitamos providências para que a Caern implante um sistema de tratamento de água a fim de que a população tenha um abastecimento perene e com qualidade”, reforçou ele, dirigindo a solicitação à Presidência da Caern.

Apoio do DEM ao presidente Temer pode deixar Agripino fora do senado

Resultado de imagem para Agripino e Temer

O apoio dos presidentes que fazem parte do DEM ao presidente Temer (PMDB), um presidente da sigla e o outro da Câmara Federal, poderá trazer consequências indesejáveis ao senador do Rio Grande do Norte, presidente nacional do DEM, José Agripino Maia. É que, ocorre que o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM- RJ), circula a vontade para fazer negócios com o presidente Temer, e o silêncio de Agripino é um apoio tácito as decisões tomada em favor das ideias de Temer, da reforma da previdência.

Agripino enfrentará uma campanha com mais dificuldades em 2018, visto que sua parente, a deputada Zenaide Maia, esposa do prefeito, Jaime Calado, de São Gonçalo/RN, concorrerá a uma das vagas do senado.

Zenaide foi a única deputada do Rio Grande do Norte que votou contra o impeachment de Dilma, o que fará conta aos partidos que foram contra a saída de Dilma, como é o caso do PT e PC do B.

Já o senador Agripino ainda desgastado com a ex-governadora Rosalba Ciarline, hoje prefeita de Mossoró/RN, é possível não ter o apoio dos mossoroense, como teve por tanto tempo.

Os do DEM procuram um meio de conseguirem se beneficiar com os cargos federais. Por essa razão não abandonam o apoio ao indesejável presidente Michel Temer, o que por certo trará prejuízo ao senador norteriograndense.

Por Previdência, Temer e presidentes de partidos acertam reunião

Michel Temer e Rodrigo Maia: governo quer investir nesta semana em articulações e fazer um “pente-fino” para atender demandas e conseguir apoio na reforma (André Coelho- Bloomberg/Bloomberg)

 

No primeiro dos dois encontros que fez neste domingo, 3, o presidente Michel Temer já deixou acertado que fará uma nova reunião na quarta-feira, 6, à noite com presidentes de partidos e líderes da base, novamente no Alvorada, para uma avaliação melhor se será possível ou não colocar a reforma da previdência em votação na semana do dia 11.

Participaram do almoço de ontem no Alvorada os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral), Maurício Quintella (Transportes), Marcos Pereira (Indústria e Comércio), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia). Além disso, estiveram presentes o senador Ciro Nogueira (PP-PI), o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No almoço, além da reforma da Previdência, as conversas sobre cenário eleitoral e de alianças para 2018 também fizeram parte do cardápio.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/por-previdencia-temer-e-presidentes-de-partidos-acertam-reuniao/

Lula poderá ser preso no próximo ano e não concorrer a eleição.

Resultado de imagem para Condenação de Lula
Foto: Ueslei Marcelino, Reuters

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva poderá ser condenado na segunda estância, e se condenado será preso. O seu processo que foi julgado e condenado pelo juiz Sérgio Moro, em 9 anos e meio de reclusão, está para ser julgado entre os meses de Março e Abril de 2018.

Lula conta com um vexame da população caso seja condenado. Mas como nesse país nada acontece sem pagamento, os manifestos só irão acontecer caso recebam dinheiro, o que não vai faltar. Visto que dinheiro é o que não falta para comandar as desordens.

O TRF4 vem dando essa amostra que irá condenar o Lula, quando manteve os bens do ex-presidente bloqueado, em um julgamento na semana passada, o que sinaliza para uma condenação de Lula, pelo TRF4.

O processo chegou ao TRF4 em 23 de agosto. A última movimentação foi às 14h16 da última sexta-feira (1), quando Gebran enviou o processo ao gabinete de Paulsen. O conteúdo do voto é sigiloso até a data do julgamento, e fica disponível somente para os desembargadores da 8ª Turma.

Agora, o revisor fará o mesmo trabalho: analisará todo o processo para elaborar seu voto. Depois, o terceiro magistrado recebe o documento. Os votos só serão conhecidos no dia do julgamento.

Então é bom que os brasileiros lulistas vá se acostumando com essa notícia, da possibilidade do ex-presidente ser condenado, para não causar prejuízos às pessoas que nada tem haver com essa briga. Como no caso de irem pras ruas quebrar lojas e fachadas de bens privados.

Temer recebe líderes partidários para almoço no Palácio da Alvorada

Resultado de imagem para Temer e lideranças
Foto: Beto Barata/PR

O presidente da República Michel Temer recebe neste domingo (3) ministros e líderes de partidos da base aliada, no Palácio da Alvorada, para discutir a proposta de reforma da Previdência, que o governo busca aprovar no Congresso Nacional para ajudar no reequilíbrio das contas públicas.

Participam do encontro o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, os ministros da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco, dos Transportes, Maurício Quintella, o senador e presidente do PP, Ciro Nogueira e o presidente do PTB, Roberto Jefferson.

Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Casa Civil, Eleiseu Padilha, também estiveram no Alvorada nesta tarde.

Está previsto para mais tarde, no fim do dia, um jantar na residência oficial da presidência da Câmara a fim de discutir o cenário da reforma, que deverá contar com a presença de Michel Temer. Ministros, parlamentares e presidentes de partidos são aguardados no encontro.

O Palácio do Planalto articula junto aos partidos de sua base apoio para conseguir buscar os votos necessários a fim de aprovar a reforma na Câmara dos Deputados ainda neste mês antes do recesso parlamentar.

Até o momento, não há garantia de que o governo terá os 308 votos necessários para aprovar a proposta de emenda a Constituição (PEC) da reforma em dois turnos na Câmara.

Rodrigo Maia (DEM-RJ) reconheceu na semana passada que “falta muito voto” para aprovar mudanças nas regras previdenciárias. Ele explicou, na ocasião, que só pretende pautar a proposta no plenário com a certeza de que o Planalto dispõe do apoio para para aprovar a reforma e enviá-la para votação no Senado.

Fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/temer-recebe-lideres-partidarios-para-almoco-no-palacio-do-alvorada.ghtml