Category: Política

Assembleia implanta mestrado pioneiro nas Casas Legislativas do Brasil

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação
 
Uma iniciativa pioneira da Assembleia Legislativa deve mudar a realidade da educação no Rio Grande do Norte: a implantação do mestrado em uma Casa Legislativa. O lançamento do curso será no próximo dia 17 de fevereiro, com aulas da primeira turma de mestrado em Gestão Pública oferecido pelo Instituto do Legislativo Potiguar (ILP), em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O curso é uma iniciativa pioneira que faz da Assembleia Legislativa a primeira Casa Legislativa do Brasil a oferecer uma pós-graduação stricto sensu.

O mestrado foi oficializado em 2015 pelo presidente do Legislativo, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB) e busca a qualificação de quadros para a administração pública. “A nossa gestão na Assembleia é focada no planejamento e na capacitação dos servidores, garantindo novos investimentos em qualificação, como a ampliação do número de cursos oferecidos e o tão sonhado mestrado. Proporcionar o acesso gratuito a estes cursos e ver nossos profissionais mais valorizados nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”, comemora Ezequiel.

Os alunos do mestrado passaram por um processo seletivo no final do ano passado e ao todo oito alunos foram escolhidos após realização de provas e apresentação de pré-projeto de dissertação. Além do grupo atual, serão formadas novas turmas para os anos de 2017 e 2018.

“A Escola da Assembleia está focando na qualidade dos cursos e o nosso mestrado é um grande passo para a criação de uma área de pesquisa em Gestão Pública. Estamos trabalhando para o engrandecimento do setor de pesquisa do ILP. Com esse departamento, lançaremos publicações com os melhores artigos e trabalhos selecionados”, destaca o diretor administrativo do ILP, Carlos Russo.

Além do mestrado, o ILP também vai lançar três novos cursos de pós-graduação para o ano letivo de 2016. O edital deve ser publicado até março, com processo seletivo previsto para maio e junho do corrente ano, com ingresso em agosto. Os cursos serão: Especialização em Direito Público, Especialização em Gestão de Pessoas no Serviço Público e Especialização em Gestão e Planejamento Financeiro no Serviço Público. As inscrições para os processos seletivos serão anunciadas no site do ILP www.al.rn.gov.br/portal/ilp/home.

Início das aulas

Os alunos dos cursos de pós-graduação do Instituto do Legislativo Potiguar voltam às aulas nesta segunda-feira (15). A Escola da Assembleia vem realizando quatro especializações: Poder Legislativo e Políticas Públicas; Gestão Pública; Gestão Eficaz do Serviço Público; e Especialização em Direito Processual Civil, esse último em parceria com a Justiça Federal.

 
Assessoria

Ezequiel Ferreira solicita benfeitorias para a DP de Touros

unnamed (1)

Com mais de 30 mil habitantes, o município de Touros, no litoral Norte Potiguar, tem apenas uma Delegacia de Polícia (DP) que se encontra numa situação precária, apresentando rachaduras nas paredes e com a parte hidráulica e elétrica deterioradas.  Diante deste cenário, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa, solicitou com urgência, através de requerimento, a recuperação geral da delegacia com o objetivo ajudar a conter a criminalidade no município.

 “Encaminhei a solicitação para que o Governo do Estado atenda essas reivindicações o mais rápido possível para o município de Touros, que hoje está sem condições de assistir uma população de mais de 30 mil habitantes com uma delegacia precária estruturalmente”, justificou o deputado.

 

Assembleia cria comissões para otimizar metas do Planejamento Estratégico

Legislativo foi instalado no dia 2 de fevereiro de 1835/Crédito da foto: João Gilberto
                                                            Crédito da foto: João Gilberto

 

A Assembleia Legislativa criou três comissões internas com o objetivo de alinhar ainda mais as metas do Planejamento Estratégico às ações de valorização do servidor, transparência e modernidade que vem sendo implantadas pela atual gestão.

A Comissão de Acumulação de Cargos vai atuar de forma a identificar possíveis casos de acumulação ilegal de cargos por servidores em outras instâncias. Outra comissão, a de Avaliação e Desempenho Funcional, vai trabalhar em sintonia com o plano de cargos e salários existente na Casa.

A terceira comissão, de Avaliação dos Servidores, será voltada para acompanhar o desempenho dos servidores concursados e recém-ingressos na Casa, que se encontram em estágio probatório.

 

A portas fechadas, Dilma se reúne com Lula em hotel de São Paulo

brasil-dilma-lula-20140305-02-original

A presidente Dilma Rousseff se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta sexta-feira, em São Paulo. A reunião, que não estava prevista na agenda presidencial, aconteceu a portas fechadas no Hotel Renaissance, na região da Avenida Paulista, centro de São Paulo. Dilma desembarcou no aeroporto de Congonhas por volta das 17h, ficou com Lula até às 20h30, e voltou ainda nesta sexta a Brasília. Barrados por seguranças, os jornalistas foram impedidos até de permanecer no saguão do hotel.

Esta é a primeira vez que os petistas se encontraram desde que as operações Lava Jato e Zelotes colocaram na mira das investigações imóveis frequentados por Lula, como o tríplex, em Guarujá (SP), e o sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), além da tramitação de medidas provisórias que beneficiaram montadoras.

O ex-presidente participou mais cedo de uma reunião do Conselho do Instituto Lula no Hotel Grand Mercure, na Zona Sul de São Paulo. O encontro estava agendado desde o ano passado. A expectativa era que Lula falasse sobre as suspeitas que o rondam em relação ao sítio de Atibaia, que foi reformado por empreiteiras investigadas na Lava Jato.

De acordo com os conselheiros ouvidos pela imprensa, porém, o encontro não tratou sobre as investigações em curso. “O presidente, inclusive, disse que as questões relativas a ele, ele mesmo enfrenta”, disse o ministro da Cultura, Juca Ferreira.

 

Fonte: Veja

Ezequiel Ferreira reivindica ações para municípios do Agreste

fd40501b-f3f7-4efe-9967-5187ca90eb51

Preocupado com o aumento da criminalidade, a dificuldades de acesso em algumas estradas, a carência no setor de saúde e a crise hídrica que também atinge a região Agreste Potiguar, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa, solicitou um conjunto de medidas ao Governo do Estado.

 

Lagoa D´Anta, Boa Saúde, Serra Caiada, Goianinha, Santo Antônio, Espírito Santo e Poço Branco são algumas das cidades contempladas com requerimentos do deputado Ezequiel Ferreira. “Fiz os pleitos diante da urgência que as medidas precisam ser realizadas junto aos municípios e para que as ações governamentais contemplem os anseios da população”, explicou o deputado.

 

Entre as ações solicitadas estão: O aumento do efetivo das equipes que atuam na Segurança Pública e melhorias nas condições de trabalho; Aquisição de viaturas tipo ambulâncias para algumas cidades da região; Perfuração e instalação de poços para aliviar os efeitos da seca; e a recuperação de trechos na RN-120 e RN-003 por parte do Departamento de Estradas e Rodagens. 

 

Assessoria

Assembleia cria comissões para otimizar metas do Planejamento Estratégico

unnamed

A Assembleia Legislativa criou três comissões internas com o objetivo de alinhar ainda mais as metas do Planejamento Estratégico às ações de valorização do servidor, transparência e modernidade que vem sendo implantadas pela atual gestão.

A Comissão de Acumulação de Cargos vai atuar de forma a identificar possíveis casos de acumulação ilegal de cargos por servidores em outras instâncias. Outra comissão, a de Avaliação e Desempenho Funcional, vai trabalhar em sintonia com o plano de cargos e salários existente na Casa.

A terceira comissão, de Avaliação dos Servidores, será voltada para acompanhar o desempenho dos servidores concursados e recém-ingressos na Casa, que se encontram em estágio probatório.

 

Assessoria

Dison destaca importância do Transporte Cidadão

unnamed (2)

 
                                                                          Parlamentar disse que projeto do Governo do RN é inovador
 

Em pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (11), o deputado Dison Lisboa (PSD) destacou a importância do projeto Transporte Cidadão, que será implantado pelo Governo do Estado e foi anunciado pelo governador Robinson Faria (PSD).
 
“O Transporte Cidadão é inovador, audacioso e principalmente um gesto de respeito e atenção por parte do Governo, sobretudo aos mais necessitados. No entorno das cidades temos uma parte da população extremamente necessitada, que não em como se deslocar através de suas economias e no entanto precisam dos serviços oferecidos na capital”, afirmou o deputado.
 
De acordo com o Governo, o projeto terá gestão compartilhada entre a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER). O Transporte Cidadão será operacionalizado através de linhas circulares de ônibus de grande porte que terão seus itinerários planejados, ligando pontos entre a Região Metropolitana de Natal e com paradas estratégicas em órgãos como a Central do Cidadão, Hospital Walfredo Gurgel, Liga Norte-riograndense Contra o Câncer, Hospital Giselda Trigueiro, Maternidade Escola Januário Cicco, entre outros.
 
Dison Lisboa ressaltou a importância da iniciativa num momento em que tanto o Governo quanto municípios enfrentam dificuldades financeiras. “O serviço vai contemplar pessoas de baixa renda e desempregados cadastrados no Sine-RN, como gestantes, portadores de necessidades especiais e seus acompanhantes, idosos, beneficiários dos programas sociais de transferência de renda do Governo Federal, entre outros”, explica o deputado.

 
 
Assessoria

Hermano destaca os desafios do saneamento na Campanha da Fraternidade

unnamed (1)

Com o tema “Casa comum, nossa responsabilidade”, a Campanha da Fraternidade 2016, lançada nesta quarta-feira (10), foi assunto do pronunciamento do deputado estadual Hermano Morais (PMDB). A campanha vai alertar sobre o direito de todas as pessoas ao saneamento básico e debater políticas públicas e ações que garantam a integridade e o futuro do meio ambiente. 
 
“O tema foi oportuno diante de tantos acidentes ecológicos e desastres naturais ocorridos ultimamente. Diante dessa importância, apresentamos um requerimento, juntamente com o deputado José Dias para que seja realizada uma sessão solene e assim debatermos com a sociedade as questões do saneamento básico, a fim de garantir o desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida aos cidadãos”, disse Hermano Morais.

O deputado elogiou a escolha de questões ambientais para o debate da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e lembrou o desafio que representa a crise hídrica. “A insegurança hídrica é um dos nossos maiores desafios e isso vai exigir uma série de medidas para viabilizar o abastecimento de água para consumo animal e humano”.

Ainda durante o pronunciamento, o deputado Hermano Morais falou sobre o número de assassinatos no Rio Grande do Norte. “Foram 23 assassinatos, um dos carnavais mais violentos. Isso demonstra a necessidade do Governo continuar investindo em segurança, equipamentos e pessoal, através de concurso”, destacou Hermano Morais.

Campanha da Fraternidade
Lançada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), a campanha tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, a campanha também vai tratar do desenvolvimento, da saúde integral e da qualidade de vida aos cidadãos.

Dados divulgados pelo Conic mostram que, mesmo estando entre as maiores economias do mundo, o Brasil tem mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico.

 

Assessoria

Censo Cadastral Previdenciário da Assembleia começa segunda-feira

Crédito da foto: Eduardo Maia
Crédito da foto: Eduardo Maia

A Assembleia Legislativa do Rio do Norte inicia na próxima segunda-feira (15) o Censo Cadastral Previdenciário para atualizar os dados de servidores efetivos, ativos e aposentados. O recadastramento deve ser feito de forma presencial, no auditório da Assembleia Legislativa, das 9h às 16h, e o prazo se encerra no dia 26 deste mês.
 
De 15 a 19 de fevereiro o censo será realizado para os servidores públicos ativos e titular de cargo efetivo. De 22 a 26 para os servidores públicos aposentados. Os segurados serão convocados conforme divisão por mês de nascimento, divulgada previamente no endereço eletrônico www.al.rn.gov.br/censo.
 
O coordenador do Núcleo de Administração e Pagamento de Pessoa (NAPP) da Assembleia, Thyago Cortez, destaca a importância de se realizar o Censo. “O Censo Previdenciário viabiliza a preservação do fundo de aposentadoria e pensão dos servidores, proporciona mais transparência, combate possíveis fraudes, elimina distorções e ainda assegura os benefícios dos servidores”, disse.
 
Para o recadastramento serão exigidos o documento oficial de identificação com foto (RG, Carteira Nacional de Habilitação ou registro profissional, com validade em todo território nacional emitida por órgão de regulamentação profissional); Cadastro de Pessoa Física (CPF); cartão do PIS/PASEP; comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone, dos últimos 3 meses); título eleitoral, comprovante de escolaridade entre outros documentos disponíveis também no site www.al.rn.gov.br/censo.
 
Os registros são coletados e atualizados por meio de um sistema moderno e totalmente informatizado e serão integrados no Cadastro Nacional de Informações Sociais do Ministério por meio do aplicativo Siprev. Os servidores e aposentados que não fizeram o Censo Previdenciário poderão ter suspenso o pagamento do benefício, até que haja a regularização cadastral.
 
Aposentados

O aposentado que se encontrar residindo em outro Estado e impossibilitado de se fazer presente no local de atendimento deverá encaminhar à Coordenadoria de Recursos Humanos, além da documentação exigida, o Formulário do Censo Cadastral Previdenciário para Aposentados, se for o caso, com a assinatura reconhecida em cartório.

ILP cria área de pesquisa e amplia oferta de cursos da pós-graduação para 2016

unnamed

A criação de uma área de pesquisa em Gestão Pública voltada à prática legislativa, com oficinas práticas, é apenas mais uma dentre as muitas novidades que o Instituto do Legislativo Potiguar (ILP) preparou para este ano letivo. Outra inovação é a oferta de três novos cursos de pós-graduação, com especialização em: Direito Público, Gestão de Pessoas no Serviço Público e Gestão e Planejamento Financeiro no Serviço Público.

“Com a área de pesquisa em Gestão Pública teremos oficinas práticas para a evolução dos conteúdos necessários ao engrandecimento do setor. Pretendemos desta forma estimular a produção acadêmica e lançar livros com os melhores artigos encontrados nas oficinas de trabalho”, afirma o coordenador do instituto, Carlos Russo.

De acordo com Carlos Russo, a grade de cursos para 2016 teve uma renovação de 45% em comparação com o ano anterior e o ILP está repetindo a oferta daqueles que são mais importantes na formação do dia-a-dia dos profissionais.

Os novos cursos de especialização terão edital publicado até o próximo mês e o processo seletivo será realizado em maio e junho. As aulas da primeira turma de aprovados nesta seleção terão início em agosto de 2016, enquanto que as aulas das turmas que já vêm cursando a pós-graduação se iniciam no dia 15 de fevereiro. Os demais cursos que o instituto oferece se iniciam no dia 22 do mesmo mês.

Os investimentos da Assembleia Legislativa na qualificação de servidores incluem, além da oferta de cursos de graduação e pós-graduação, a capacitação pessoal, palestras profissionais, capacitação técnica e oficinas. A Casa foi a primeira do país a oferecer mestrado. Em parceria com a UFRN, os servidores podem cursar o mestrado em gestão pública.

Prefeito Jaime Calado reuniu governador, ministro e senadores para entregar 600 unidades do Minha Casa Minha Vida

Fotos Isaías Carlos
Fotos Isaías Carlos

O prefeito Jaime Calado, de São Gonçalo do Amarante, fez entrega ontem, de 600 unidades do programa Minha Casa Minha Vida.

As famílias cadastradas foram contempladas com apartamentos no Residencial Dr. Ruy Pereira dos Santos.

 “Hoje é um dia muito especial na minha vida, e mais esperado por todos nós. Para quem sempre teve sua casa própria não imagina a importância, o significado de conquistar. Sou mãe, chefe de família, tenho quatro filhas e trabalho de doméstica/diarista pago um aluguel de R$300 todo mês, com muita dificuldade. Estou feliz e aliviada de não ter que pagar aluguel no fim do mês e, melhor ainda, ter um lugar para chamar de meu lar”, declarou Ednelma, uma das contempladas.

O residencial construído em São Gonçalo é o maior empreendimento do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio Grande do Norte. 

O prefeito, com a mulher-deputada federal Zenaide Maia, entregou as unidades residenciais com o governador Robinson Faria, o ministro do Turismo Henrique Alves, os senadores Garibaldi Filho e Fátima Bezerra, o deputado federal Walter Alves…

Cotado para disputar a Prefeitura de São Gonçalo com apoio de Jaime Calado, o superintendente da Caixa Econômica Federal, Roberto Sérgio Linhares, marcou presença e falou em nome da CEF.

Também presente, e cotado para ter o apoio de Jaime e disputar a Prefeitura, o secretário de Habitação, Paulo Emídio. 

 Quando for totalmente concluído, o residencial chegará a 1.800 unidades.

“Essa é uma cidade nova onde vão morar mais de 7.000 pessoas. As primeiras entregas são destas 600, depois mais 600, e 600 até finalizar as 1.800 moradias. É uma obra muito grande. A prefeitura investiu cerca de R$ 3,4 milhões em vias de acesso e iluminação. Estamos construindo uma Unidade Básica de Saúde aqui ao lado para duas equipes do PSF. Hoje é um dia de muita felicidade para mim. Quando todos ajudam as coisas acontecem. São Gonçalo foi o primeiro município do estado a aderir ao programa Minha Casa, Minha Vida. Quando entregar esses apartamentos serão 3.200 moradias entregues as famílias do município na nossa gestão. Quem tem espírito público se acha recompensando de tudo com esses grandes momentos”, discursou o prefeito Jaime Calado.

O governador Robinson chegou cedo e acompanhou o prefeito Jaime Calado e a deputada federal Zenaide Maia na visita ao empreendimento.

TG

Presidente do PSB Rafael Motta vai discutir com vereadores sobre comando do partido na capital

Rafa_Motta

Como ficará o PSB em Natal?

Ficará para depois do carnaval, dizem os mais próximos do novo presidente, deputado federal Rafael Motta.

Depois do feriado Motta vai conversar com os vereadores do partido e definir quem comandará o ditetório municipal.

Há quem defenda o nome do presidente da Câmara, Franklin Capistrano.

O nome da vereadora Júlia Arruda também na lista para ser discutido.

Uma coisa é tida como certa: o deputado estadual Ricardo Motta, pai de Rafael, não será presidente.

Na bancada pessebista na Câmara, fala-se na saída do partido do vereador Bispo Francisco de Assis.

Thaisa Galvão

Wilma de Faria recebe convite para presidir o PTdoB do deputado Carlos Augusto Maia

wilma_carlos

A ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, vem recebendo uma série de visitas de manifestações de apoio de companheiros de luta, assim como de lideranças políticas que querem levá-la para suas legendas. Após algumas reuniões nos últimos dias com vários dirigentes partidários, no final da tarde desta quinta-feira, 04, foi a vez do presidente do PTdoB, deputado estadual Carlos Augusto Maia, oficializar o convite não apenas para ela integrar seu partido, mas presidi-lo, sucedendo-o.

“Vim colocar o nosso PTdoB, que eu presido no estado, como opção partidária para Wilma e todo o seu sistema político. Inclusive para ela presidir a executiva estadual e nos ajudar com a sua força e sua experiência. Hoje já estamos chegando em 90 municípios e temos projetos de grande envergadura, como o de Parnamirim. Seria uma honra para todos nós termos Wilma com a gente”, declarou o parlamentar.

“Estamos dialogando com todos que respeitosamente nos abrem as portas de seus partidos, mas estamos ouvindo também nossos companheiros para decidir qual o caminho que deveremos seguir”, enfatiza a vice-prefeita de Natal. Mais cedo, ela recebeu os ex-secretários Gileno Guanabara e Hermano Paiva, que também buscam saber que destino a líder deve seguir.

Carlos Augusto Maia será candidato a prefeito de Parnamirim e pode ser que conte com o apoio do presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira e se tiver o apoio de Wilma, fortalecerá mais o seu palanque.

Mantega é dispensado de depoimento em inquérito ligado à Operação Zelotes

Guido-Mantega

cartão-pronto2 - Copia - Copia

Agência Brasil – O ex- ministro da Fazenda, Guido Mantega, que foi arrolado como testemunha pela defesa de Eduardo Valadão, foi dispensado do depoimento que prestaria por videoconferência em São Paulo nesta quinta-feira (4). Segundo a Justiça Federal, ontem (3) o réu desistiu da oitiva. Valadão é réu de uma ação penal decorrente da Operação Zelotes. A operação investiga a manipulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), do Ministério da Fazenda, além da suposta compra de medidas provisórias.

Um ofício chegou a ser enviado pelos advogados de Mantega à Justiça Federal antes da dispensa. No documento a defesa diz que o ex-ministro não conhece Valadão. “O requerente não conhece esse acusado [nem qualquer outro] daquela ação penal”, diz o texto que tem a data do dia 2 de fevereiro. A defesa de Eduardo Valadão não se pronunciou sobre os motivos que levaram à desistência do depoimento.

A audiência nesta quinta-feira teve início com a oitiva do deputado federal Alexandre Baldy (PSDB-GO). Baldy falou na condição de testemunha arrolada pela defesa de Robert de Macedo. “O que eu falei foi a importância das atividades industriais para as regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste em termos dos incentivos fiscais”, disse após o depoimento.

Para o deputado, os incentivos fiscais foram importantes para que houvesse desconcentração da atividade industrial. “Para que a indústria se deslocasse de regiões como Sul e Sudeste para a região de Goiás, ou Bahia ou Pernambuco” exemplificou. O deputado disse ainda aos jornalistas que foi secretário no estado do Goiás quando as medidas provisórias foram editadas.

“Eu era secretário de Indústria e Comércio [de Goiás] e estive aqui para poder dar o testemunho no sentido do quanto é importante o incentivo fiscal para a instalação de uma atividade industrial nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste”.

Após o depoimento do deputado, foram ouvidas testemunhas que estavam em São Paulo. Entre as pessoas ouvidas por videoconferência, estava o ex-ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, arrolado pela defesa de Cristina Mautoni e Mauro Marcondes. Miguel Jorge disse que conheceu Marcondes na época que trabalhou na indústria automobilística e que a relação dos dois foi profissional.

O ex-ministro disse que as Medidas Provisórias (MPs) 471/2009 e 512/2010 foram importantes para o desenvolvimento de outras regiões. “Eu considero que tanto uma quanto a outra foram importantes para estabelecer um regime diferenciado que permitisse o desenvolvimento regional”.

O ex-ministro disse que considerou normal a tramitação das duas medidas e que Mauro Marcondes nunca conversou com ele a respeito das MPs. Ao ser questionado por um dos advogados se sabia de alguém do ministério ou no Congresso que tenha recebido valores, importâncias ou proposta para a aprovação da MP, o ex-ministro disse não ter nenhuma informação sobre o assunto.

Além do deputado e do ex-ministro, mais quatro testemunhas foram ouvidas na audiência desta quinta-feira. A audiência da Operação Zelotes foi presidida pelo o juiz federal Vallisney de Souza, titular da 10ª Vara Federal em Brasília.

Kelps sugere aumento da diária operacional paga aos PMs durante carnaval

Crédito da foto: Eduardo Maia
cartão-pronto2 - Copia - CopiaO deputado Kelps Lima (Solidariedade) voltou a abordar a Segurança Pública do Rio Grande do Norte em pronunciamento nesta quinta-feira (4), na Assembleia Legislativa. O parlamentar criticou o valor das diárias operacionais pagas aos policiais militares e propôs ao Governo uma medida excepcional durante o carnaval.

“Sugiro que nesse carnaval o Governo do Estado conceda um reajuste excepcional no valor das diárias operacionais pagas aos agentes que irão trabalhar no período. Ao mesmo tempo em que abra um processo de estudo para reajuste efetivo”, disse Kelps.

De acordo com o deputado, o valor pago atualmente pela diária operacional é defasado, fazendo com que os policiais não queiram se voluntariar para trabalharem durante os dias de folia. “Os policiais militares estão insatisfeitos pois foram convocados de forma compulsória. As tropas irão para as ruas na marra”, afirmou.

Kelps mencionou ainda uma recomendação do Ministério Público Estadual ao Governo sugerindo o acréscimo de pelo menos 50% no valor das diárias, o que faria com que subissem de R$ 50,00 para R$ 75,00. “A população necessita da Polícia Militar como nunca antes precisou. É preciso que o Estado crie mecanismos de estímulo para atrair os agentes”, observa.

Ainda durante o pronunciamento, Kelps Lima também questionou o marketing do Governo no tocante ao programa Ronda Cidadã. Para ele, a estratégia desabona a instituição militar e promove apenas a ação governamental. “Quando a notícia é positiva, ela é veiculada pelo Executivo com o protagonismo do programa Ronda Cidadã, mas quando ela é negativa, o protagonista é a Polícia Militar”, concluiu.