Category: Notícias

Diretor da maior penitenciária do RN leva pedrada na cabeça

01/03/2016 09h32 - Atualizado em 01/03/2016 10h58 Diretor da maior penitenciária do RN leva pedrada na cabeça Consciente, Ivo Freire foi socorrido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho.  Ferimento foi causado nesta terça-feira (1º) durante revista no pavilhão 2. Anderson Barbosa Do G1 RN FACEBOOK  Ivo Freire foi atendido no Pronto-Socorro Clovis Sarinho, em Natal. Com o sinal de positivo, ele mostra que está tudo bem apesar da agressão   (Foto: Durval Franco) Ivo Freire foi atendido no Pronto-Socorro Clovis Sarinho, em Natal. Com o sinal de positivo, ele mostra que está tudo bem apesar da agressão (Foto: Durval Franco)
Ivo Freire foi atendido no Pronto-Socorro Clovis Sarinho, em Natal. Com o sinal de positivo, ele mostra que está tudo bem apesar da agressão (Foto: Durval Franco)

G1 – Foi socorrido para o hospital na manhã desta terça-feira (1º), com um ferimento causado por uma pedrada na cabeça, o diretor da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. Ivo Freire foi atingido durante uma revista no pavilhão 2 da unidade. Um túnel foi encontrado. O presídio, o maior do Rio Grande do Norte, fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Agente penitenciário mostra algumas das pedras arremessadas pelos presos  (Foto: GOE)
Pedras arremessadas pelos presos

“Ivo está consciente, mas ele vai pegar alguns pontos na cabeça”, disse ao G1 um dos agentes que acompanhou o diretor até o Pronto-Socorro Clovis Sarinho, na capital do estado.

Vice-diretor da unidade, o agente penitenciário Juciélio Barbosa contou que a pedrada aconteceu durante uma revista no pavilhão 2. “Mais uma vez quero deixar claro o trabalho dos valorosos agentes penitenciários. Arriscam suas vidas. Desde que a atual direção assumiu, muitos túneis foram descobertos. Isso deixa os apenados inquietos. Estamos fazendo tudo para evitar fugas. São constantes as descobertas de planos de fugas. Os parabéns vão para os agentes que estão na linha de frente. Ivo foi um exemplo de garra hoje”, enalteceu.

Rebelião controlada
“Foi tudo muito rápido. Estávamos fazendo uma inspeção predial de rotina. De repente, os presos se rebelaram e começaram a arremessar pedras sobre os agentes. O diretor levou uma pedrada na cabeça, mas foi prontamente socorrido e encaminhado em uma de nossas viaturas para o hospital”, relatou Leonardo Alves, diretor do Grupo de Operações Especiais (GOE), unidade da Secretaria de Justiça e Cidadania responsável pelas intervenções no sistema prisional do estado.

Ainda segundo o agente, a ação foi comandada pelo vice-diretor Fábio Lago, que “imediatamente dominou os presos e controlou a situação”, ressaltou Leonardo.

Túnel
Durante a revista, um túnel foi encontrado escavado sob o piso do pavilhão 2, justamente onde os agentes fizeram a revista. “O túnel é gigantesco. Tem muita terra dentro das celas”, acrescentou. 

 

Na última sexta-feira (26), dois túneis haviam sido descobertos no próprio pavilhão 2. Na ocasião, segundo a direção, as escavações foram concretadas. Antes, os agentes fizeram um vídeo (veja ao lado) que mostra uma das aberturas. As imagens também mostram o momento em que um dos agentes do GOE encontra celulares escondidos sob o piso da quadra do pavilhão.

Grupos anti-Lula picham acesso a sítio em Atibaia

Manifestantes contrários ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva picharam na madrugada desta terça-feira (1º) o acesso ao sítio de Atibaia que é frequentado por familiares do petista. A mensagem “Lula na cadeia” foi pintada a poucos metros do portão de entrada, em protesto organizado por grupo favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segundo a Folha de S.Paulo, o mesmo movimento responsável pela ação é um dos que prepara manifestação para quinta-feira (3), data em que Lula e sua mulher, dona Marisa, devem depor ao Ministério Público Estadual. A defesa do ex-presidente procura evitar a condução coercitiva do casal e informou que Lula e Marisa não comparecerão.

entrada_sitio

Barragem de Oiticica deve ficar pronta em julho de 2017, diz governo

oiticica

A barragem de Oiticica, localizada no município de Jucurutu, deve ficar pronta em julho de 2017. A nova previsão foi repassada pelo titular da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Mairton França. Segundo ele, a data de conclusão da obra pode ser alterada se os valores repassados mensalmente pelo Ministério da Integração forem reajustados. Atualmente o ministério repassa R$ 6 milhões por mês para o estado tocar a obra.

“Desse valor R$ 2 milhões são destinados ao pagamento de indenizações das famílias desapropriadas. Os outros R$ 4 milhões são para a execução das obras. O repasse é menor do que a obra necessita para manter o ritmo adequado. Se o Ministério da Integração conseguir aumentar o valor do repasse mensal a gente consegue manter essa data de conclusão, mas se esses repasses permanecerem teremos que rever o prazo”, explicou Mairton.

Um balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Governo Federal informa que as obras da Barragem de Oiticica “estão em andamento e com 40% de execução”. A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, por sua vez, afirma que as obras estão com 35% de execução, mesmo percentual de setembro de 2015.

Quando concluída, Oiticica beneficiará direta e indiretamente cerca de 500 mil pessoas em 17 cidades. Com capacidade para mais de meio milhão de metros cúbicos de água, será a terceira maior barragem do estado. O investimento também é considerável. Segundo o Ministério da Integração Nacional, a obra tem um valor global de R$ 311 milhões, dos quais R$ 292 milhões são provenientes de recursos federais e os outros R$ 19 milhões do governo estadual.

Dilma oficializa saída de Cardozo e outras mudanças

jose_eduardo_cardoso

Em comunicado oficial, a presidente Dilma Rousseff informou, nesta segunda-feira (29), as mudanças de pastas e agradeceu os serviços prestados por José Eduardo Cardozo, que deixou o ministério da Justiça.

A nomeação do procurador baiano Wellington César como novo ministro da Justiça era estudada pelo governo federal desde o final do ano passado.

Com a possibilidade da saída de Cardozo, que já havia pedido para deixar a pasta mais de uma vez, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, articulava a nomeação do aliado político para o posto.

O nome foi sugerido em janeiro pelo ministro a Dilma e tinha o apoio do atual ministro da Justiça, que o defendeu como uma possibilidade para substituí-lo.

No início deste ano, com a definição de que Luís Inácio Adams deixaria em fevereiro a AGU (Advocacia-Geral da União), o governo federal chegou a pensar em colocar o procurador baiano temporariamente no cargo até a saída de Cardozo da Justiça.

A presidente, no entanto, tinha dúvidas sobre se César seria o melhor indicado neste momento, diante da abertura do processo de impeachment, e tinha preferência pelo procurador-geral do Banco Central, Isaac Menezes Ferreira, e pelo ex-secretário-executivo do Ministério da Previdência Marcelo Siqueira.

Com a definição nesta segunda da saída do ministro da Justiça, o nome do procurador baiano foi novamente sugerido por Wagner e por Cardozo à presidente, que foi convencida a nomeá-lo.

Segundo a reportagem apurou, pesou na decisão da petista o bom trânsito de César junto a ministros do STF (Superior Tribunal Federal) e o fato dele ser um nome de fora do meio político, o que o tornaria menos suscetível a pressões para segurar as investigações da Operação Lava Jato.

Ao mesmo tempo, a nomeação de um aliado político de Wagner também teve como objetivo acalmar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vinha acusando nos bastidores Cardozo de não controlar a Polícia Federal.

A posse dos novos ministros deve ocorrer na quinta-feira (3) a pedido de Adams, que quer ainda no cargo participar de audiência na Comissão Mista de Orçamento no Congresso Nacional, na terça-feira (1º), e de anúncio do acordo do governo federal com a Samarco para reparo dos estragos causados em Mariana (MG), programado para quinta.

Mesmo que a saída do cargo tenha colocado em risco a permanência de Leandro Daiello à frente da direção-geral da Polícia Federal, ele permanecerá no cargo da PF.

Além de mexer nos ministérios da Justiça e da Advocacia-Geral da União, Dilma decidiu também fazer mudanças no comando da CGU (Controladoria-Geral da União), órgão interno que atua no combate à corrupção em instituições federais. Luiz Navarro, que já atuou na CGU e é especialista no combate a desvios na esfera pública, assumirá a pasta, hoje interinamente ocupada por Carlos Higino.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DO PLANALTO

A Presidenta da República Dilma Rousseff informa que o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deixará a pasta e assumirá a chefia da Advocacia Geral da União, em substituição ao Ministro Luiz Inácio Adams que solicitou o seu desligamento, por razões pessoais.

Assumirá o Ministério da Justiça o ex-Procurador Geral da Justiça do Estado da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva.

Assumirá o cargo de Ministro-Chefe da Controladoria Geral da União, o Sr. Luiz Navarro de Brito.

A Presidente da República agradece os valiosos serviços prestados ao longo de todos estes anos, com inestimável competência e brilho, pelo Dr. Luís Inácio Adams, e deseja pleno êxito à sua atividade profissional futura.

Agradece ainda ao ministro-interino da CGU Sr. Carlos Higino pela sua dedicação.(Folhapress)

Operação Acarajé bloqueia R$ 32 milhões de ex-marqueteiro de Dilma e Lula

monica_moura_e_joao_santana

Agência Estado – O Banco Central comunicou à Justiça Federal que localizou e bloqueou R$ 31.918.819,61 das contas do marqueteiro João Santana, da mulher e sócia dele, Monica Regina Cunha Moura, e das agências controladas pelo casal, a Polis Propaganda & Marketing Ltda e a Santana & Associados Marketing e Propaganda Ltda.

Na semana passada, o juiz federal Sérgio Moro decretou o confisco de R$ 100 milhões (R$ 25 milhões de cada um) na Operação Acarajé, 23ª fase da Lava Jato. João Santana e Monica Moura estão presos temporariamente desde 24 de fevereiro.

O rastreamento do Banco Central pegou R$ 28.755.087,49 em contas de Monica Moura, R$ 2.756.426,95 de João Santana e R$ 407.305,17 da Polis Propaganda. Na conta da Santana & Associados Marketing e Propaganda, o radar do Banco Central não encontrou valores.

Moro também havia ordenado o bloqueio de mais R$ 75 milhões de outros três alvos da Operação Acarajé: R$ 25 milhões do executivo Fernando Miggliacio, ligado à empreiteira Odebrecht, R$ 25 milhões da Eagle do Brasil Ltda e R$ 25 milhões do engenheiro Zwi Skornicki.

Na conta da Eagle do Brasil foram confiscados R$ 534.936,57. De Fernando Migliaccio, R$ 1.984.879,54 e na de Zwi Skornicki, R$ 4.400.119,76.

Quando decretou o confisco, o juiz da Lava Jato considerou “os valores milionários” dos supostos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas atribuídos a João Santana e aos outros investigados.

“Viável o decreto do bloqueio dos ativos financeiros dos investigados em relação aos quais há prova de pagamento ou recebimento de propina”, assinalou. “Não importa se tais valores, nas contas bancárias, foram misturados com valores de procedência lícita. O sequestro e confisco podem atingir tais ativos até o montante dos ganhos ilícitos.”

TRE/RN realiza biometria em São Gonçalo do Amarante

tre-rn-atendimento-biometria-3Segue acontecendo na cidade de São Gonçalo do Amarante (51ª Zona Eleitoral) a Biometria Revisional. O procedimento, que teve início no dia 18 de fevereiro, trata-se de uma revisão, que consiste na coleta das impressões digitais, assinatura e foto dos cidadãos, que receberão novos títulos eleitorais.

Os eleitores deverão comparecer aos locais de atendimento, até o dia 31 de março, portando título eleitoral, original e cópia do documento oficial com foto e do comprovante de residência. Os eleitores do sexo masculino deverão apresentar, ainda, o Certificado Militar.

Os atendimentos estão acontecendo Museu Municipal, localizado na Rua Professor Belchior de Oliveira, s/n, Centro de São Gonçalo do Amarante. Os eleitores deverão se apresentar no horário de 08h às 16h, de segunda a sexta, e de 8h às 14h aos sábados. A previsão da Justiça Eleitoral é que, até 31 de março, aproximadamente novos 65 mil eleitores compareçam para atualização dos dados no cadastro eleitoral na cidade.

Di Caprio recebe prêmio de melhor ator e Spotlight é escolhido melhor filme

Leonardo Di Caprio recebe o prêmio de melhor ator no Oscar 2016Agência Lusa
Leonardo Di Caprio recebe o prêmio de melhor ator no Oscar 2016

Agência Brasil – As atenções se voltaram nesse domingo (28), na cerimônia de entrega do Oscar, realizada no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos, para o prêmio de melhor ator, que finalmente fez justiça a Leonardo Di Caprio, após quatro indicações frustradas. O ator foi laureado por seu trabalho em O Regresso, em que incorpora o explorador vingativo Hugh Glass.

O filme brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, perdeu, na categoria animação, para Divertida mente, produzido pela Pixar Animation Studios e dirigido por Pete Docter.

A entrega do Oscar aos melhores atores, técnicos e filmes de 2015 foi transmitida para todo o mundo, ao vivo, pela emissora de televisão norte-americana ABC.

Ao receber a premiação, Di Caprio deu um tom ambientalista ao seu discurso. “A mudança climática é real. Isso está acontecendo agora. Esta é a ameaça mais urgente para toda a nossa espécie”, disse. “Precisamos apoiar os líderes de todo o mundo que falam para os povos indígenas, para a humanidade, as vozes que foram abafadas pela política de ganância”, completou.

 

O Regresso também rendeu o prêmio de melhor diretor a Alejandro González, que recebeu seu segundo Oscar, e o de melhor fotografia a Emanual Lubezki, único na história da premiação a receber a estatueta por três anos consecutivos.

O título de melhor filme ficou para Spotlight – segredos revelados, de Tom McCarthy. também foi considerado o melhor roteiro original. “Este filme deu voz aos sobreviventes”, disse o produtor Michael Sugar, ao comentar a denúncia feita pelo filme que conta a história de um grupo de jornalistas, em Boston, que consegue levantar documentos comprovando a prática de pedofilia praticada por padres católicos. “Esse filme amplifica essa voz que, esperamos, venha a se tornar um coro que vai ressoar por todo o caminho até o Vaticano”, acrescentou.

Ennio Morricone, o lendário compositor de trilhas sonoras de filmes como O Bom, o Mau e o Feio e Os Intocáveis, finalmente ganhou um Oscar, seu primeiro em seis indicações. Aos 87 anos, Morricone se tornou o mais idoso vencedor na história do Oscar, pela trilha do filme Os 8 Odiados, de Quentin Tarantino.

Indicada pela primeira vez, Brie Larson levou a estatueta de melhor atriz por O Quarto de Jack. A sueca Alicia Vikander foi melhor atriz coadjuvante por A Garota Dinamarquesa. Mark Rylance foi melhor coadjuvante por Ponte dos Espiões.

Mad Max: Estrada da Fúria, de George Miller, foi o mais contemplado, com seis prêmios: mixagem de som, edição de som, montagem, cabelo e maquiagem, design de produção e figurino.

O anfitrião, o comediante negro Chris Rock, tratou com piadas irônicas os protestos feitos à academia de cinema pela ausência de negros nas principais indicações. “A grande questão é: por que estamos protestando? Por que neste Oscar? É a 88ª edição do prêmio. Quer dizer que essa coisa toda de não indicarem negros aconteceu pelo menos outras 71 vezes. Você imagina que poderia ter acontecido nos anos 50, nos 60… e tenho certeza de que não houve indicações. Sabe por quê? Porque nós tínhamos coisas de verdade para protestar naquela época”, disse Rock em sua fala inicial.

Governo Dilma é rejeitado por 64% dos brasileiros

size_810_16_9_480413902

O governo da presidente Dilma Rousseff é rejeitado por 64% dos brasileiros, um ponto porcentual a menos do que o verificado em dezembro (65%), de acordo com pesquisa Datafolha publicada neste sábado (27) no jornal Folha de S. Paulo.

Já o porcentual de brasileiros que consideram o governo regular aumentou de 22% para 25% na comparação entre os dois períodos. Já os entrevistados que consideram o governo bom ou ótimo caiu de 12% para 11%.

O porcentual dos brasileiros que querem que a Câmara dos Deputados vote a favor do impeachment da presidente se mantém em 60%, mesmo percentual medido há dois meses.

O levantamento foi realizado pelo instituto de pesquisa entre os dias 24 e 25 de fevereiro.

Exame

Se precisar, serei candidato em 2018, diz Lula em festa do PT

LULA EM FESTA DE 36 ANOS DO PT (FOTO: RICARDO STUCKERT/ INSTITUTO LULA)
LULA EM FESTA DE 36 ANOS DO PT (FOTO: RICARDO STUCKERT/ INSTITUTO LULA)

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva disse no sábado (27/02) no Rio de Janeiro que, se o PT entender que é necessário, ele será candidato à Presidência em 2018. A afirmação foi feita durante festa de comemoração dos 36 anos do partido, na cidade do Rio. Em um discurso de quase 40 minutos, Lula criticou a oposição e a imprensa que, segundo ele, estão tentando atingi-lo “com mentiras, com vazamento de informações e a criminalização” por meio de notícias, sem que haja qualquer julgamento.

O ex-presidente negou que seja o dono do triplex no Guarujá e do sítio em Atibaia – imóveis investigados pela Justiça e que tiveram destaque na imprensa nos últimos dias. Segundo ele, o sítio, por exemplo, foi comprado por seu amigo Jacó Bittar. O acordo era que a família de Lula também usufruísse da propriedade quando ele deixasse a Presidência.

“Eles pensam que, com essa perseguição, vão me tirar da luta. Eles não conhecem o PT. Se quiserem me derrotar, não vão me derrotar mentindo. Terão que me enfrentar nas ruas, conversando com o povo brasileiro”, disse Lula. “Se eles quiserem voltar ao poder, vão ter que aprender a ser democráticos, disputar eleições e acatar o resultado. Se eles quiserem, se preparem para 2018. Afiem suas garras e vamos disputar democraticamente”, acrescentou.

Ele destacou que essa situação serve para fortalecer partido. “Eles estão determinados: ‘Vamos destruir o PT’. E eu queria dizer para eles: Vocês não vão nos destruir. Nós sairemos mais fortes dessa luta.”

Em seu discurso, Lula também disse que, apesar das divergências entre o PT e o governo da presidente da República, Dilma Rousseff, o partido está ao lado dela. Lula disse que está à frente de um exército de milhares de soldados para defender o mandato de Dilma.

“Por mais que tenha discordância em alguma coisa, a Dilma tem que ter certeza de que o lado dela é esse. Ela precisa de nós para poder sobreviver aos ataques que ela vem sofrendo no Congresso Nacional pelos nossos adversários”, disse Lula.

Clima da festa

A festa para comemorar os 36 anos do PT foi marcada por um desagravo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva até mesmo nas paredes de tijolo aparente do Armazém da Utopia, forradas de homenagens a ele. Mas a presidente Dilma Rousseff não foi poupada. “Dilma, chega de ajuste fiscal e superávit!”, dizia uma das faixas seguradas por militantes na plateia, escancarando a insatisfação com medidas tomadas pela presidente, que não compareceu à festa.

A cúpula do PT bem que tentou segurar as críticas a Dilma, mas não conseguiu. Lula, porém, só recebeu afagos, ao menos dentro do salão. Num ambiente à meia luz, sob holofotes vermelhos, uma das principais portas do Armazém da Utopia, na zona portuária do Rio, exibia uma faixa com a inscrição “Companheiro Lula, a militância petista está com você”.

Quando chegou para a comemoração, porém, Lula encontrou um ato esvaziado. No espaço com capacidade para 4 mil pessoas, havia menos de 1,5 mil. Dirigentes do partido previam 3 mil, presentes. Houve, porém, gritos entusiasmados de “Dirceu/guerreiro/do povo brasileiro” – uma alusão ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo mensalão e preso novamente na Operação Lava Jato. A carta da presidente Dilma Rousseff foi saudada pela palavra de ordem “Não vai ter golpe”, seguida por gritos pouco entusiasmados de “Olê, olê, olê, olá, Dilma, Dilma.”

Do lado de fora, barracas tentavam reviver o clima do PT dos anos 80, quando filiados vendiam camisetas para arrecadar recursos e contribuir com as campanhas. “Lula, siga em frente, o povo está do seu lado”, dizia um dos modelos de camisetas vendidas por R$ 18, no espírito de desagravo que tomou conta do partido desde que Lula passou a ser alvo de investigações da Polícia Federal e do Ministério Público. Havia também opções com a estrela do PT, a imagem de Che Guevara e até um “Xô, golpistas”, manifestando a rejeição ao impeachment de Dilma.

Dilma mandou carta

Dilma Rousseff defendeu Lula e o PT. Em carta destinada aos militantes, para ser lida na festa de 36 anos do partido, no Rio de Janeiro, ela parabenizou a legenda e destacou ter orgulho de empunhar a bandeira vermelha com a estrela branca. O texto foi lido pelo presidente do PT, Rui Falcão.

Dilma disse que o partido enfrenta “tempos difíceis”. “Há um ataque sistemático aos pilares de nosso projeto de desenvolvimento para o Brasil. Ataque ao nosso maior militante, o presidente de honra Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente Lula é um patrimônio político do nosso país que vem sendo atacado de forma injusta.”

A presidente afirmou que será solidária a Lula e estará ao seu lado “em todas as batalhas”. Segundo ela, o PT está sendo criminalizado, com base em uma “moralidade seletiva”, por pessoas que estão fazendo “uma luta política com base em factoides, mentiras, insinuações e fofocas”. “Querem, por todos os meios, interditar as ações e iniciativas do meu governo. Não me farão recuar.”

Época

 

Ortopedista potiguar esclarece causas e prevenção da LER

mulher-usando-o-computador_21208424

Fadiga muscular, dor, formigamento, alteração da temperatura, sensibilidade e processos inflamatórios em tendões ou ligamentos são apenas alguns dos sintomas das Lesões por Esforços Repetitivos (LER), ocasionadas por repetições do mesmo movimento em frequência elevada ou fora do eixo normal. Neste domingo (28), Dia Internacional de Prevenção às Lesões por Esforços Repetitivos, as atenções são voltadas ao problema que atinge cerca de 3,5 milhões de pessoas, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde 2013 divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O ortopedista do Hospital Memorial, em Natal, Ricardo Gomes, explica que essa síndrome clínica tem origem antiga, especialmente depois da industrialização, e pode acontecer por fatores diversos. Por exemplo, uma criança que adora jogar videogame com joy stick utiliza exaustivamente o dedo polegar, e caso realize o movimento durante muitas horas em vários dias seguidos, corre o sério risco de desenvolver uma tendinite de abdutor do polegar. Nesse típico caso de LER, o tratamento é feito inicialmente com antiinflamatórios e imobilização, e a cirurgia deve ser considerada a última alternativa.

Outros casos de LER podem estar relacionados a lesões adquiridas no trabalho, que passam a ser chamadas de Doenças Osteoarticulares Relacionadas ao Trabalho (DORT). “Para comprovar a DORT, é necessário que haja uma vistoria no ambiente de trabalho e a comprovação da existência dos fatores responsáveis pelos danos à saúde do colaborador”, ressalta Ricardo Gomes. As enfermidades mais comuns são inflamações nos tendões, cotovelos e punhos, e as pressões psicológicas também predispõem desconforto ou dor persistente nos músculos, tendões e outras partes do corpo. Quem sentir os sintomas das lesões deve buscar ajuda o mais rápido possível, pois as LER/DORT são curáveis principalmente nos primeiros estágios.

Entre os cuidados para a prevenção, o ortopedista indica a realização de pausas rápidas e frequentes, associadas a alongamentos, em qualquer atividade que exija movimentos repetitivos ou postura inadequada por tempo prolongado. “O colaborador ainda precisa ficar atento à boa postura, que inclui a adequação do posto de trabalho às suas características físicas. A ergonomia no uso do computador, por exemplo, necessita de punhos retos, braços apoiados, monitores à altura da vista, coxas paralelas ao piso e pés encostados no chão ou em suporte específico”, acrescenta ele.

Não se deve esquecer, no entanto, do clima organizacional. De acordo com Ricardo Gomes, fatores como ritmos de trabalho excessivos, falta de pausas e liberdade do colaborador, aliada à rigidez dos chefes, podem também desencadear essas patologias.

G1

UFRN promove ação de combate ao mosquito Aedes aegypti

19829

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove uma ação contra o Aedes aegypti no campus central de Natal neste sábado (27). A programação contará com caminhada, passeio ciclístico, jogos, brincadeiras infantis e apresentações focadas no combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana.

A concentração será às 8h no ginásio da universidade, onde as famílias serão recepcionadas pela banda da Marinha. Às 8h30, o grupo Pau e Lata irá embalar o aquecimento para a caminhada pelo campus universitário, durante a qual um carro de som divulgará informações sobre o mosquito e formas de evitar a sua proliferação.

Ao mesmo tempo, acontecerá o passeio ciclístico pelas ruas da UFRN, com paradas estratégicas para a conscientização dos participantes, que também receberão sacos de lixo para um mutirão de limpeza. A programação inclui jogos e brincadeiras infantis, das 8h às 11h, além de peça teatral envolvendo a temática do Aedes aegypti. “Teremos ainda vídeos educativos, banners, e outros materiais de campanha distribuídos em todas as atividades”, afirma Breno Cabral, pró-reitor de Extensão adjunto e coordenador da iniciativa.

O evento faz parte das ações da UFRN dentro do Pacto da Educação contra o zika no Rio Grande do Norte, coordenado por um comitê local formado por instituições de ensino superior do estado e as redes municipal e estadual de educação e saúde.

Henrique Eduardo Alves prestigia posse de ministros do TST

????????????????????????????????????
????????????????????????????????????

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, prestigiou nesta quinta-feira (25), em Brasília, a solenidade de posse da nova diretoria do Tribunal Superior do Trabalho que passa a ser comandado pelo ministro Ives Gandra. O ministro potiguar Emmanoel Pereira é o novo vice-presidente do TST. Também foi empossado o ministro Renato de Lacerda Paiva como Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho.

Os novos dirigentes foram eleitos no dia 9 de dezembro de 2015. A solenidade foi realizada no edifício sede do TST. Henrique Eduardo Alves destacou a importância de mais um ministro do Rio Grande do Norte na direção do tribunal que já havia sido presidido entre 2002 e 2004 pelo potiguar Francisco Fausto Paula de Medeiros, natural de Areia Branca.

O novo vice-presidente do TST nasceu em Natal e foi nomeado em 2002, em vaga destinada à advocacia. É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Advogado, foi procurador-geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, consultor jurídico da Câmara Municipal de Natal e juiz auditor do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte. Foi conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil, onde ocupou a vice-presidência da Comissão de Relações Internacionais, membro da comissão de prerrogativa para o exercício da advocacia e do Órgão Especial da OAB.

Zelotes: presidente da Gerdau prestará depoimento à Polícia Federal

f7b0f810-64c8-40ab-b172-6329c9c55afdO presidente da empresa Gerdau, André Gerdau, e mais um membro da diretoria do grupo foram alvos hoje (25) da 6ª fase da Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal (PF). Foi decretado mandado de condução coercitiva de André Gerdau, quando a pessoa é levada à delegacia para prestar depoimento e, em seguida, é liberada. O empresário não foi encontrado pela PF, mas se comprometeu a comparecer para prestar depoimento.

Segundo a delegada da PF, Fernanda Costa de Oliveira, esta fase da Zelotes nada mais é que uma individualização dos inquéritos de contribuintes que tinham sido identificados na primeira fase da operação, iniciada em março de 2015. A Zelotes investiga fraudes em julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), ligado ao Ministério da Fazenda.

Ela destacou, entretanto, que nem todos os 70 contribuintes identificados têm potencial operacional ou terão inquéritos individualizados. “Esse deflagrado hoje investiga somente os casos da Gerdau”, explicou Fernanda.

Multas

 

A Gerdau tem várias multas a serem julgadas pelo Carf, envolvendo autuações da Receita Federal por questões fiscais. “Ela [empresa Gerdau], então, celebrava contrato com escritórios de advocacia e de consultoria, que tinham contato com conselheiros do Carf e realizavam acordos para que as sentenças fossem favoráveis à Gerdau”, disse a delegada.

A suspeita é que o grupo tenha atuado junto ao Carf para evitar o pagamento de multas que chegam a R$ 1,5 bilhão. “A ação seria julgada [pelo Carf] em abril, a deflagração da operação foi em março. Então, esse prejuízo não foi efetivado”, disse.

A polícia está cumprindo 20 mandados de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão. Segundo a Polícia Federal, foram apreendidos documentos, pendrives e computadores.

Nota da empresa

Os policiais estão realizando ações nos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco, São Paulo e no Distrito Federal. São alvos das conduções coercitivas executivos da Gerdau, conselheiros e ex-conselheiros do Carf e advogados que intermediavam as negociações. Duas pessoas presas anteriormente na Operação Zelotes, José Ricardo e Alexandre Paes dos Santos, também foram ouvidas no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

Em nota, a Gerdau informou que está à disposição e colaborando integralmente com as investigações da Polícia Federal. “Ressalte-se, ainda, que, com base em seus preceitos éticos, a Gerdau não concedeu qualquer autorização para que seu nome fosse utilizado em pretensas negociações ilegais, repelindo veementemente qualquer atitude que possa ter ocorrido com esse fim. A Gerdau reitera, portanto, que possui rigorosos padrões éticos na condução de seus pleitos junto aos órgãos públicos”, diz a nota.

Sete são presos durante operação da Lei Seca na Zona Sul de Natal

Motorista bateu o carro ao tentar escapar da barreira (Foto: Divulgação/PM)
Motorista bateu o carro ao tentar escapar da barreira (Foto: Divulgação/PM)

Sete pessoas foram presas por dirigirem embriagadas em mais uma Operação Lei Seca realizada na madrugada desta quinta-feira (25) na Zona Sul de Natal. Foram montadas duas barreiras de fiscalização em Ponta Negra: uma na Av. Engenheiro Roberto Freire e outra na Rota do Sol.

 De acordo com o capitão Styvenson Valentim, coordenador da operação, um dos motoristas presos tentou fugir da blitz e acabou batendo o carro em um muro. Ao todo, 23 carteiras de habilitação foram recolhidas e 6 carros apreendidos.

Arte bafômetro vale (Foto: Editoria de Arte / G1)

Lei Seca
As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa,  perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.

No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

Aprovação do piso do magistério inaugura Sistema Eletrônico de Votação da Assembleia

Votação com uso do painel

A aprovação do piso do magistério, Projeto Lei do governo do Estado encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte foi o primeiro projeto votado com a utilização do Sistema Eletrônico de Votação (SEV) do plenário Clóvis Motta.

“O equipamento permite o monitoramento da sessão, conferindo agilidade, segurança e transparência. O painel segue o modelo utilizado pelo Senado Federal nivelando o Legislativo Estadual às mesmas condições técnicas da casa revisora do Legislativo Nacional”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

Segundo o parlamentar, o investimento segue as diretrizes traçadas pelo planejamento estratégico que orienta a atual gestão da Assembleia. Durante a sessão da última quarta-feira (24), Ezequiel Ferreira compartilhou com os demais colegas parlamentares a implementação do painel eletrônico de última geração.

“É uma realização do conjunto de deputados desta Casa Legislativa. Todos nós (os 24 deputados) somos responsáveis por tornar as atividades em plenário mais eficientes e os trabalhos ainda mais transparentes”, destaca Ezequiel Ferreira.

O deputado Fernando Mineiro (PT) ressaltou o momento histórico da votação. “Esta votação é emblemática. Confere um novo momento para o Legislativo Potiguar e vota o Piso do Magistério, um tema amplamente debatido neste plenário”, disse Mineiro. Nélter Queiroz (PMDB) também enalteceu o painel eletrônico como ferramenta de votação.

O equipamento é formado por seis televisores de 42 polegadas que facilitam o acompanhamento e a realização das sessões. O painel indica quais deputados estão presentes no plenário, o resultado das votações das matérias e a cronometragem do tempo dos oradores, além da veiculação de conteúdo audiovisual e inserção de legendas.

Através de um monitor equipado com tecnologia touch screen, o presidente da sessão pode visualizar as informações do painel e monitorar as atividades no plenário, permitindo controlar o tempo e o microfone dos oradores, emitir alertas sonoros e iniciar e encerrar as atividades. Cada deputado dispõe de um terminal individual de votação, chamado de ‘Terminal do Parlamentar’, que possibilita a identificação biométrica e o registro do voto com mais rapidez.

Moderno e de fácil operação, o equipamento faz uso do Sistema Eletrônico de Votação (SEV) e foi produzido pela empresa mineira Visual Sistemas, responsável pela implantação do equipamento no Senado Federal e nas Assembleias Legislativas do Ceará, Sergipe, Maranhão, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Tocantins, dentre outras casas legislativas do país, como a Câmara Municipal de São Paulo e Belo Horizonte.