Category: Notícias

Justiça do RN condena oito PMs por envolvimento com a ‘Viatura do Mal’

Viatura 924, a 'Viatura do Mal' (Foto: Reprodução/Rede Globo)
Viatura 924, a ‘Viatura do Mal’ (Foto: Reprodução/Rede Globo) Viatura 924, a ‘Viatura do Mal’ (Foto: Reprodução/Rede Globo)

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

G1 – Oito dos onze policiais militares levados a julgamento por envolvimento com a ‘Viatura do Mal’, esquema de fraudes e extorsões descoberto em Natal foram condenados pela Justiça potiguar. No último processo julgado, na manhã desta quarta-feira (24), seis PMs foram condenados por corrupção passiva. Ao todo, a soma das penas dos oito réus condenados ultrapassa os 50 anos.

As condenações são desdobramento da operação ‘Novos Rumos’, do Ministério Público do Rio Grande do Norte, deflagrada em setembro do ano passado. Ao todo, quinze PMs foram denunciados pelo MP por envolvimento com atividades criminosas durante rondas realizadas na viatura 924 do 9º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela Zona Oeste de Natal. Segundo o MP, os policiais recebiam propina, praticavam furtos e até praticaram tortura durante o serviço. O caso foi destaque nacional no programa ‘Fantástico’, da TV Globo.

Os réus condenados na manhã desta quarta foram Anderson de Oliveira Frasseti Maia, Wilton Franco da Silva, Gutemberg Fernandes de Freitas , Antônio Marcos Oliveira Silva, Cleusivan Lima de Macedo e Jeferson Monteiro Hermínio. O juiz Jarbas Bezerra condenou os seis réus a três anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva.

Esta é a segunda condenação de Anderson Frasseti em processos ligados a operação, em um julgamento anterior, Frasseti já havia sido condenado a três anos e seis meses por corrupção passiva. Os outros condenados na operação são os soldados Damião Alves, também condenado a três anos e seis meses por corrupção passiva, e André Luiz da Silva Pereira, militar condenado a pena mais dura, 32 anos, 10 meses e 10 dias de prisão a serem cumpridos iniciaçmente em regime fechado.   

O promotor Jorge Augusto de Macêdo Tonel, que esteve a frente da promotoria no julgamento desta quarta, considerou a condenação dos réus justa. “Achei por demais justa esta condenação. Em outros processos, alguns chegaram a ser absolvidos, mas a grande maioria dos réus foram condenados”, declarou o promotor.

Ainda de acordo com Tonel, apesar da grande quantidade de condenações em primeira instância, a promotoria ainda vai discutir um possível recurso para aumentar as penas.

“Eu vou analisar [a condenação] juntamente com a  equipe de promotores que ofereceram a denúncia e vamos ver se cabe um recurso no sentido de uma dilação maior da pena”, explicou Tonel.

Insanidade mental
Do total de 15 PMs denunciados, apenas os julgamentos de 11 foram concluídos em primeira instância até o momento, porque quatro dos policiais alegaram insanidade mental.

De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do RN, nos casos em que os réus alegam insanidade, a Justiça manda produzir laudos para comprovar a condição do réu.

No Rio Grande do Norte, as perícias são produzidas pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), no entanto, segundo a assessoria, a Justiça ainda não recebeu os laudos.

Desmembramento
O processo resultante da operação ‘Novos Rumos’ foi desmembrada em diversas ações penais. A condenação dos 8 PMs é resultado das sete ações julgadas até o momento. Apenas os julgamentos dos réus que alegaram insanidade mental ainda não foram a juri.

Condenações
André Luiz da Silva Pereira – Uma condenação
Julgado em 23/02 – Condenado a 32 anos, 10 meses e 10 dias de prisão em regime fechado por corrupção passiva, peculato-furto, receptação e violação de domicílio

Anderson de Oliveira Frasseti Maia – Duas condenações
Julgado em 03/02 – Condenado a três anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva.
24/02 – Condenado a três anos de prisão em regime semiaberto por corrupção passiva

Damião Alves da Cunha – Uma condenação
Julgado em 22/02 – Condenado a 3 anos e 6 meses de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Wilton Franco da Silva – uma condenação
Julgado em 24/02 – Condenado a 3 anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Gutemberg Fernandes de Freitas – uma condenação
Julgado em 24/02 – Condenado a 3 anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Antônio Marcos Oliveira Silva – uma condenação
Julgado em 24/02 – Condenado a 3 anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Cleusivan Lima de Macedo – uma condenação
Julgado em 24/02 – Condenado a 3 anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Jeferson Monteiro Hermínio – uma condenação
Julgado em 24/02 – Condenado a 3 anos de reclusão em regime semiaberto por corrupção passiva

Absolvidos de todas as acusações
Márcio José da Silva Martins – julgado em 22/02

Werson Magno de Carvalho – julgado em 22/02

Isaac Raphael da Cruz Dumaresq – julgado em 23/02

Ministério do Turismo abre Sistema de Convênios para projetos de infraestrutura turística

????????????????????????????????????

Em audiências com os prefeitos Lawrense Amorim, de Almino Afonso; e Ivete Matias, de Brejinho, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, recomendou que os dois gestores municipais cadastrem novos e antigos projetos que ainda não foram contemplados pelo MTur no Sistema de Convênios do ministério. O Siconv abre nesta quinta-feira (25) para receber propostas de projetos de infraestrutura turística que serão analisadas pelos técnicos dos MTur.

 O prefeito de Almino Afonso vai cadastrar os projetos do acesso do morro da capela de São José e de um centro de eventos que pretende construir na antiga estação ferroviária do município. Já os projetos de urbanização da entrada da cidade e da praça Abel Belarmino de Amorim, ambos em andamento, não precisam de novas inscrições. As obras em execução são pagas com base nas medições feitas pela Caixa Econômica Federal.

 A prefeita de Brejinho vai inscrever o projeto de um pórtico na entrada da cidade e a recuperação de praças no município do Agreste potiguar. O prazo para inscrições de propostas no Sistema de Convênios do Governo Federal vai até 15 de março. As iniciativas deverão ter como objetivo o apoio à melhoria da infraestrutura turística dos municípios interessados. Na lista de projetos que podem ser cadastrados estão, por exemplo, a construção de pórticos, sinalização turística, restauração de edifícios e monumentos.

 Os projetos contemplam ainda a construção de estradas, ferrovias, pontes, túneis, viadutos, orlas, terminais rodoviários, museus, centros de convenções, centros de apoio ao turista, centros de qualificação de mão de obra, despoluição de praias, saneamento básico, entre outros.

O valor mínimo por projeto é de R$ 250 mil. Podem solicitar o recurso representantes da administração pública municipal, de consórcio público, da administração pública estadual ou do Distrito Federal e de empresas públicas.

 PROCEDIMENTOS – No momento da inclusão da proposta no sistema, o órgão que estiver pleiteando o recurso deverá escolher a opção “enviar para análise”. A proposta só será encaminhada e armazenada no sistema após a escolha desta opção.

Para tirar qualquer dúvida referente ao processo, é importante consultar a Portaria 112, que orienta os candidatos sobre os tipos de projetos e a forma de apresentá-los. Documentos e orientações para o cadastramento da proposta estão disponíveis na aba “Anexos” do programa 5400020160003, no site do Siconv (https://www.convenios.gov.br/portal/).

Rádio AM do Nordeste pode gastar entre 10 a 85 mil reais para transformar em FM

wduweuwei
IEADERN pretende gatar mais do que emissoras do Estado de São Paulo, 3 milhões de reais é a proposta da arrecadação entre os fieis, para transformar a rádio AM Nordeste Evangélica em FM.

Segundo informações do Ministério de Comunicação, algumas rádios AM que irão ser convertidas em FM, poderão gastar aproximadamente, uns 85 mil reais, para comprar tudo que tenha que ser mudado. Terá que ser mudado o receptor e transmissor de sinal da antena, os transmissores internos e outros equipamentos. O governo federal vai manter um financiamento para ajudar as empresas de comunicação de rádios.

De forma especulativa, uma rádio de porte maior no Nordeste, pode chegar a  gastar entre duzentos e trezentos mil reais.

A migração é obrigatória, de 1.781 emissora AM no país, cerca de 1.400 querem a mudança.

“O rádio AM vai morrer, é uma tendência para o mundo todo”, diz Luiz Roberto Antonik diretor-geral da Abert (associação que reune emissoras de rádios e TV) ao jornal Folha de São Paulo.

Em outras informações, são de que pequenas emissoras do nordeste poderão gastar cerca de 10 mil reais; enquanto as grandes emissoras do Estado de São Paulo, podem chegar a gastar até 2,5 milhões de reais; o que não se compara com nem uma rádio de Natal, ou do Rio Grande do Norte.

De acordo com Figueiredo, Ministério das Comunicações busca linhas de crédito, em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), para facilitar o pagamento do preço da outorga e a aquisição de equipamentos que permitam a transmissão de AM para FM.

“A evolução se dará na velocidade que for mais adequada para que não haja prejuízo para as emissoras nem para o usuário, para o ouvinte. Não existe prazo estipulado”, concluiu dizendo no site do governo federal.

Petróleo opera em forte alta após relatório da AIE

Petróleo

Petróleo: às 10h16 (de Brasília), o Brent para abril subia 4,25%, a US$ 33,10 por barril, na ICE, em Londres

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Os futuros de petróleo operam em forte alta nesta manhã, após o bom desempenho das ações na China e de uma previsão de que os mercados da commodity deverão se reequilibrar até o ano que vem.

A principal bolsa chinesa, a de Xangai, subiu 2,4% no pregão de hoje, em reação à decisão de Pequim de conceder novos incentivos para a compra de imóveis e de substituir o presidente do órgão regulatório de valores mobiliários do país.

A China é o segundo maior consumidor mundial de petróleo, depois dos EUA.

Além disso, a Agência Internacional de Energia (AIE) previu em relatório, publicado mais cedo, que a oferta e a demanda do petróleo vão se reequilibrar de forma gradual até 2017, eventualmente levando à recuperação dos preços da commodity.

Outros fatores que favorecem o petróleo são a recente pesquisa semanal da Baker Hughes, que mostrou nova queda no número de plataformas em operação nos EUA, e notícias sobre um campo de petróleo atacado na Líbia, em mais uma agressão à infraestrutura petrolífera do país.

cartão-pronto2 - Copia - Copia

Também no relatório, a AIE estima que a produção de petróleo dos EUA cairá neste e no próximo ano, mas deverá se recuperar e atingir nível recorde até 2021.

Às 10h16 (de Brasília), o Brent para abril subia 4,25%, a US$ 33,10 por barril, na ICE, em Londres, enquanto o petróleo para o mesmo mês negociado na Nymex avançava 4,31%, a US$ 33,12 por barril.

Ainda na Nymex, o petróleo para março, que vence no fim da sessão de hoje, tinha alta de 4,42%, a US$ 30,95 por barril. 

Preso é assassinado dentro da maior penitenciária do RN

Penitenciária Estadual de Alcaçuz (Foto: Ricardo Araújo/G1)
Penitenciária Estadual de Alcaçuz
(Foto: Ricardo Araújo/G1)

Um detento foi assassinado na noite desta segunda-feira (22) dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. Diretor da unidade, Ivo Freire disse que o crime aconteceu no pavilhão 1, de onde dois presos fugiram por um túnel neste domingo (21). “A Polícia Civil e o Itep (Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) já foram avisados”, acrescentou.

Ainda de acordo com o diretor, a identificação do preso só será possível após a retirada do corpo. “Também só teremos a confirmação do que causou a morte dele quando for feita a perícia. Só sabemos que há bastante sangue”, ressaltou.ão

 

Mortes em presídios
Este foi o terceiro detento morto este ano no sistema prisional potiguar. No sábado passado, dia 20, Damião Fernandes dos Santos, de 36 anos, foi assassinado durante uma rebelião na Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. No dia 21 de janeiro, Gledson Souza Saraiva, preso por assalto, foi encontrado pendurado pelo pescoço dentro da cela 5 do pavilhão 2 da Cadeia Pública de Mossoró.

Ano passado, 28 morreram dentro de unidades carcerárias do RN. Deste total, 25 foram assassinados a facadas ou encontrados enforcados, mortos em condições suspeitas. Outros dois morreram soterrados após o desabamento de um túnel na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. E, no início de 2015, um adolescente morreu ao ser baleado em uma unidade para cumprimento de medida socioeducativa durante uma tentativa de resgate no Ceduc de Caicó. Os números são da Coordenadoria de Análises Criminais da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

[/mmtl-col][/mmtl-row]

A telefonia fixa e o orelhão vão ser extintos na maioria das cidades do Brasil

Telefonia: atualmente são 18 mil setores censitários que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar
Telefonia: atualmente são 18 mil setores censitários que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apresentou hoje (18) uma proposta de mudança nos contratos de concessão de telefonia fixa e das metas de universalização dos serviços.

A ideia é fazer com que a prestação do serviço em regime público seja apenas para as localidades que atualmente só têm orelhões para a comunicação e não têm cobertura de telefonia celular.

De acordo com o relator da matéria, conselheiro Igor de Freitas, atualmente são 18 mil setores censitários (bairros ou conjuntos de bairros) que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar.

Segundo a proposta, no restante do país, a telefonia fixa seria oferecida por meio de autorizações, como ocorre em muitas cidades do país, mas com alguns compromissos como a manutenção da oferta de acessos individuais.

“O objetivo da concessão é que o serviço chegue a todo mundo em ambiente competitivo. No serviço de voz, isso já foi atingido para a larga maioria da população, então a concessão é dispensável. A concessão mantida integralmente no país fere o interesse público, porque ela aloca investimento disponível para um serviço que não é a prioridade da população”, disse o relator.

Motorista foge de blitz da Lei Seca, bate em carro da PM e acaba preso

1

Um motorista foi preso após fugir de uma blitz da Lei Seca e bater em um carro da Polícia Militar na madrugada desta quinta-feira (18). A fiscalização foi realizada no conjunto Cidade Verde, na Zona Sul de Natal. Ao todo, 22 carteiras de habilitação foram recolhidas.

Imagens da câmera de segurança da operação Lei Seca registraram o momento em que o motorista tentou fugir da fiscalização. De acordo com o capitão Styvenson Valentim, o homem tentou fugir pela contramão. Após uma perseguição, o homem bateu no carro da PM.

“O condutor do carro, um Citroën prata, tentou fugir pela contramão quando viu que estava tendo blitz. Bateu no meio fio e estorou o pneu. O carro da PM perseguiu e ele bateu na viatura já no bairro de Ponta Negra. Ele foi preso e o carro apreendido”, relatou o capitão.

Wilma de Faria comemora seu aniversário com uma missa

2016-02-17 18.36.42

A ex-governadora e vice-prefeita da capital do Rio Grande do Norte – Natal -, Wilma de Faria, celebra neste momento uma missa na igreja Santa Terezinha, Petrópolis, em agradecimento a pela passagem de seu aniversário.

Esta é a primeira vez que ela aparece em público após enfrentar uma intervenção cirúrgica de alta complexidade. Wilma foi acometida por um nódulo no duodeno, região do intestino delgado, e se submete a tratamento de quimioterapia.  

Familiares e amigos saldaram a aniversariante com cânticos e orações.

RN investiga 4.753 casos de dengue, 414 de zika vírus e 13 de chikungunya

Larvas do mosquito Aedes aegypti são fotografadas em laboratório (Foto: Marin Recinos/AFP)
Larvas do mosquito Aedes aegypti são fotografadas em laboratório (Foto: Marin Recinos/AFP)

G1 – Os casos de dengue registrados entre 1º janeiro a 13 de fevereiro deste ano no Rio Grande do Norte aumentaram 98,46% com relação ao mesmo período do ano passado. Em 2016, já são 4.753 casos suspeitos e 356 confirmados. Quanto à febre chikungunya, este ano já foram notificados 13 casos suspeitos, todos ainda em investigação. Já sobre o zika vírus, foram notificados 414 casos. Destes, 4 confirmados. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (17) pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap).

Ainda de acordo com a Sesap, até o dia 13 de fevereiro, fim da semana epidemiológica 6, o estado somou 20 municípios com alta incidência acumulada de dengue (até a semana epidemiológica 4 eram 9, ou seja, um aumento de 122% de municípios com alta incidência acumulada), que são municípios que notificaram mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes.

“Ao mesmo tempo, visualizamos 78 municípios silenciosos, que não notificaram nenhum caso suspeito de dengue nesse período. Isso aponta para uma subnotificação de casos suspeitos e indica a necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a responsabilidade de notificarem todos os atendimentos que se enquadrarem na definição de caso suspeito para dengue definido pelo Ministério da Saúde”, explicou Kristiane Fialho, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap. “O cenário da dengue no RN revela ainda um aumento de óbitos notificados em 150%, uma situação preocupante. Entretanto, esses óbitos ainda estão em investigação para conclusão”, acrescentou.

Fumacê
A Sesap informou também que já realizou ações com o carro fumacê (UBV pesado) nos municípios de Natal (Zona Norte), Caicó, Umarizal, Martins, Lajes, Jandaíra, Guamaré ePendências. Logo após o carnaval a ação foi feita nos municípios de Cerro Corá, Florânia,Parelhas, Santana do Matos e Pedro Avelino. Outros municípios estão sinalizando a necessidade da utilização dos carros fumacê e a equipe estadual irá analisar se eles enquadram-se nos requisitos necessários para realização de UBV pesado ou costal.

PF prende colombiano que atuava como médico no RN

Juan Carlos Velasquez Builes é procurado pela Interpol, a polícia internacional (Foto: Divulgação/Interpol)
Juan Carlos Velasquez Builes é procurado pela Interpol, a polícia internacional (Foto: Divulgação/Interpol)

A Polícia Federal prendeu no final da tarde desta terça-feira (16) o colombiano Juan Carlos Velasquez Builes, de 47 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo Supremo Tribunal Federal. O estrangeiro foi preso na cidade de Galinhos, distante pouco mais de 160 quilômetros de Natal, onde atuava como médico.

Segundo a PF, o colombiano é ex-prefeito da cidade fronteiriça de Letícia, na Colômbia, e atualmente trabalhava como médico na cidade potiguar. Procurado pela Interpol, a polícia internacional, Juan é acusado por crimes contra a administração pública, desvio de verbas públicas e exercício irregular de medicina, inclusive com envolvimento nas atividades das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Juan Carlos está preso na superintendência da Polícia Federal, em Natal.

G1

Administração de Natal vem maquiando obras para engodar população

O prefeito Carlos Eduardo (PDT) vem apresentando obras ao publico natalense sem ter sido concluído. 

Pelo menos é o que se percebe ao ler o blog de Thaísa Galvão.

O mercado das Rocas foi inaugurado e não foi entregue a população; agora é a vez do viaduto do baldo, que está interditado desde o ano de 2011, ainda quando a prefeita era Micarla de Sousa.

Obras no viaduto não tem agradado os moradores de Natal. A demora não tem justificativa.
166214
Mercado das Rocas foi inaugurado e não foi entregue a população.

 

 

RN Explosão: mais um caixa de banco de interior é detonado por bandidos

Mais um interior tem seu banco atacado por bandidos que são especializados em explodir caixas eletrônicos. Conforme noticiado no G1, desta vez foi a cidade de Campo Grande, que fica na região Oeste do Estado potiguar. 

Agência do Banco do Brasil foi invadida na madrugada desta terça (16).
Segundo PM, cinco homens explodiram o caixa; ninguém foi preso.

Quadrilha explodiu caixa do Banco do Brasil em Campo Grande (Foto: Renato Medeiros )
Quadrilha explodiu caixa do Banco do Brasil em Campo Grande (Foto: Renato Medeiros )

Criminosos invadiram uma agência do Banco do Brasil e explodiram um caixa eletrônico na madrugada desta terça-feira (16) no município de Campo Grande, na região Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Militar, ninguém foi preso.

Segundo o sargento Tárcio Fernandes, o crime aconteceu por volta das 2h. Cinco homens armados chegaram em um carro preto, invadiram o estabelecimento e explodiram o caixa. A agência ficou destruída. A polícia ainda não sabe se o dinheiro do terminal foi levado pelos criminosos.

Na fuga, a quadrilha efetuou disparos pelas ruas da cidade.

Caixa foi explodido, mas polícia ainda não sabe se o dinheiro foi levado (Foto: Renato Medeiros)
Caixa foi explodido, mas polícia ainda não sabe se o dinheiro foi levado (Foto: Renato Medeiros)

Gerente de motel é morto a tiros na frente do filho na Grande Natal

Gildásio Bezerra da Silva levou quatro tiros (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Gildásio Bezerra da Silva levou quatro tiros (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

cartão-pronto2 - Copia - CopiaUm gerente de motel de 43 anos foi assassinado a tiros durante uma tentativa de assalto no sábado (13) em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, o homem estava no carro com o filho de 7 anos quando os criminosos atiraram. Ninguém foi preso.

O crime aconteceu no bairro de Golandim. Gildásio Bezerra da Silva colocou o filho dentro do carro para passear. A mulher da vítima viu quando os criminosos se aproximaram. “Eu voltei para fechar o portão e fiquei com o portão quase fechado. Eu vi eles (assaltantes) saindo, só um estava com a arma. Meu marido olhou para mim, fez a reação para ligar o carro, quando ele (assaltante) viu que meu esposo ia sair, eles aceleraram o passo e atiraram”, disse.

Baleado, Gildásio deu ré mas perdeu o controle do carro, bateu no muro e entrou na casa do vizinho. Ele levou quatro tiros, um deles na cabeça. O filho de Gildásio estava sentado no banco de passageiro, mas não foi atingido. Gildásio ainda foi socorrido, mas já chegou morto ao hospital.

G1

Só o que falta acontecer no Brasil: os militares brasileiros perder a guerra contra um mosquito

Aldo Rebelo: ministro explicou que 3,3 mil militares estão sendo preparados para aplicação de produtos químicos para matar o Aedes aegypti
Aldo Rebelo: ministro explicou que 3,3 mil militares estão sendo preparados para aplicação de produtos químicos para matar o Aedes aegypti

Segundo informações do governo federal de Dilma Rousseff, são 220 mil militares das forças armadas que vão participar amanhã (13) no combate a epidemia do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chicungunha, e por último, o assustador Zica vírus.

Em uma campanha denominada de “Dia Nacional de Mobilização para Combate ao Mosquito Aedes aegypti”, o governo federal vai tentar alcançar 350 municípios do país.

Nessa etapa, que o ministro definiu como de “mobilização, os militares serão deslocados para diversas cidades para distribuirão em diversas cidades para a ação. Nessa fase, haverá panfletagem e a presença de autoridades do governo.

A etapa do dia 13 é para mobilizar a população. “É preciso haver mobilização da população para que, permanentemente, removam-se das casas os focos de multiplicação dos mosquitos. O esclarecimento é importante para que cada família se mobilize permanentemente. Esse é o objetivo do sábado”, ressaltou o ministro da Defesa.

Uma observação nossa: o senhor ministro, não sabe que o Brasil inteiro já tem conhecimento de como se evita essa infestação; de que desde os anos noventa, no século passado, se gasta dinheiro conscientizando o povo por meio de publicidades.  A nosso ver, o que falta é punição para os que colocam em risco as vidas dos outros. Uma medida de urgência onde os brasileiros sintam no bolso em forma de punição aos que insistem em manter as condições favoráveis a procriação desse mosquito.

Ainda na reportagem a Exame, Aldo Rebelo explicou que os 3,3 mil militares estão sendo preparados para aplicação de produtos químicos para matar o Aedes aegypti e que mais 50 mil estão em treinamento.

Na ação de sábado, os militares baterão à porta das casas junto com os agentes do Ministério da Saúde, aplicando larvicidas em caixas d’água e demais reservatórios se necessário.

Os ministros, secretários executivos e outras autoridades federais também participarão da ação, que será realizada em vários estados. Aldo Rebelo participará da campanha em São Paulo, onde se encontrará com o governador Geraldo Alckimin, no município de Campinas.

Vejam o que diz o ministro Aldo Rabelo comparando o terror causado pelos islâmicos xiitas com o nosso mosquito. Digo nosso, por que pelo que parece, esse foi produzido no Brasil. (circula nas redes sociais)

“O mundo vive sob riscos, ou de saúde, de natureza política ou terror. O risco deve ser combatido com medidas eficazes, mas a humanidade não pode deixar de realizar suas tarefas de eventos internacionais por conta de riscos e ameaças, que devem ser combatidos.” Disse o ministro Aldo rabelo, em uma reportagem da Exame.