Assembleia concede título de Cidadã à defensora pública Ana Lúcia Raymundo

Em sessão solene nesta segunda-feira (26) na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) concedeu título de Cidadã Norte-rio-grandense à defensora pública Ana Lúcia Raimundo. A homenageada, que nasceu em São Sebastião do Caí (RS).  Reside no Estado há mais de 30 anos, assumindo em 2009, por concurso público, o cargo na Defensoria, tendo uma atuação destacada em favor da população de baixa renda, especialmente em defesa das mulheres vítimas de violência.

“Todos aqui presentes sabem do empenho, do trabalho, da qualidade e do comprometimento da atuação da nossa homenageada em prol da população de baixa renda, em especial às mulheres vítimas de violência doméstica. Tudo motivado por uma causa: a justiça social, que para Ana Lúcia passa pela defesa da igualdade de direitos entre homens e mulheres, passa pelo respeito à dignidade da mulher como protagonista da sociedade e da família. E, na busca pela justiça social destaco duas qualidades de minha homenageada: dedicação e ousadia”, disse a deputada Cristiane em seu discurso.

Filha de militar, Ana Lúcia morou em vários estados do País e se fixou em terras potiguares em 1983. No Rio Grande do Norte concluiu o curso de Direito na UFRN em 1986, e atualmente atua junto à 2ª Vara Criminal de Natal. Na Defensoria Pública coordena o Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nudem), onde criou o projeto “Mulher, Viver com Dignidade” voltado às mulheres vítimas de violência doméstica.

“Debatíamos muito sobre a questão da violência contra a mulher, mas não tínhamos uma ação efetiva, daí a ideia de criar o projeto “Mulher, Viver com Dignidade”, justificou a homenageada, lembrando que o projeto teve início no bairro de Gramoré, onde mais de duas mil pessoas foram atendidas com palestras e exames de mamografia. Segundo a defensora, a ação em defesa das mulheres já está sendo debatida com prefeitos do interior, para que cada município crie em sua delegacia a ‘sala lilás’, para atendimento às mulheres vítimas de violência.

Em seu discurso, a defensora Ana Lúcia Raymundo também falou sobre combate ao feminicídio, e sobre a atenção da deputada Cristiane Dantas aos problemas relacionados à mulher, fazendo um relato sobre a carreira política da autora de sua homenagem, a quem agradeceu pela distinção. “Na condição de homenageada com a honraria máxima pela distinção feita por essa deputada sempre aguerrida na causa das mulheres”, agradeceu à defensora, afirmando que o que lhe move é estar ao lado de mulheres atormentadas para levá-las a um porto seguro.

Estiveram presentes à sessão ainda  os deputados Hermano Morais (PMDB) e Márcia Maia (PSDB), as vereadoras de Natal Júlia Arruda (PDT) e Eudiane Macedo (Solidariedade) e as secretárias de políticas para as mulheres do Estado, Flávia Lisboa e do município de Natal, Andréa Ramalho Alves.