Anvisa proíbe venda de paçoca por conter substâncias cancerígenas

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou nesta quarta-feira a interdição de oito lotes de paçoca da empresa Dicel, após auditoria interna. No produto teria sido constatado a presença de aflatoxinas acima do permitido para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.

Em excesso, a aflatoxina não pode ser consumida por ter substâncias tóxicas e cancerígenas, ainda de acordo com a Anvisa.

 

 

De Robson Pires